~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*. .Nosso Perfil. ~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.
BLOG "ANJO SENSUAL"
Conteúdo Voltado Somente ao Público Adulto: "Contos, Textos, Imagem, Atualidades, Dicas de Saúde Sexual, Informações, Dicas e Links Variados".

"..ATENÇÃO..:
»PRIVAMOS PELO RESPEITO E PELO DIREITO AUTORAL!
»A maioria dos nossos textos são de autoria própria, portanto, quando não somos os autores, damos os devidos créditos e quando copiamos algo de outro Site ou Blog identificamos o mesmo!"
»Se você deseja copiar algo, avise-nos e lembre-se de respeitar a autoria!"

"OS CONTOS SÃO MERAMENTE NARRATIVOS!"
»" CASAL ANJO SENSUAL "«





~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*. .Tempo. ~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.







»Confira Nosso Arquivo«

-»Contos e Dicas by AnjoSensual
-»Contos Anteriores



»Passeio Virtual«

- "Cláudia Pit"
- "A arte de Fazer Bem Feito"
- "A menina atras da Janela"
- "Cantinho Sensual da Lali"
- "Dicas by Anjo Sensual"
- "Vanessa Oliveira"
- "ErotiCidades"
- "Nelma Penteado"
- "Sensualidade e Atualidade"
- "Sexy HelpDesk"
- "Visão Masculina"



»Indique o Blog«




~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*. .Fetiche e Fantasias. ~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.


...Sex Shop...
»Amor e Paixão«

...Sex Shop...
»Clique SexShop«

...Sex Shop...
»Darme Sex«

...Sex Shop...
»Desfrutando Sexshop«

...Sex Shop...
»Loja do Prazer«



~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*. .Sites Liberais. ~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.





~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*. .Aprovados. ~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.









~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*. .Visitas. ~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.












     

O dia havia sido estressante. A reunião com o cliente além de atrasar foi cansativa, o trânsito como sempre caótico atrasou-me ainda mais e para ajudar discutimos pelo telefone...

Então, para contornar a situação e me desculpar pelo horário, passei na floricultura e comprei um lindo arranjo de tulipas vermelhas e pedi para a vendedora embalar junto, uma garrafa de vinho tinto, urso de pelúcia e uma caixa de bombons ao licor, tudo do jeito que ela gosta.

Cheguei em casa e meio sem jeito fui direto ao nosso quarto. Entrei, dei um beijo carinhoso e pedi desculpas pelo horário e pela discussão. Ela olhou em meus olhos e, com lágrimas no olhar, disse que estava cansada e que queria dormir. Prontifiquei-me para fazer uma sessão de massagem, pois sei que assim ela relaxa e acaba adormecendo. Ela aceitou, mas preferiu que tomássemos um banho antes.

Durante o banho não nos falamos, apenas nos esbarramos e trocamos olhares maliciosos que falavam por si só...

Já no quarto, lembrei-me dos presentes que havia deixado na sala, então me enrolei na toalha e pedi que ela aguardasse um pouquinho, pois iria buscar algo... Retornei e a encontrei deitada, linda e provocante.

Ao vê-la vestida fatalmente, respirei fundo para não deixar escapar que ela estava um tesão, pois não saberia como ela iria reagir... Então, novamente pedi desculpas, dei os presentes e fui agraciado com um lindo sorriso em seus lábios e um delicioso beijo molhado. Pedi para que ela se deitasse, pois iria massageá-la.

Ela retirou o sutiã, ajeitou o shortinho e deitou de bruços, pedindo para que começasse pelas costas.

Confesso que fui à loucura e todo empolgado, passei a tocá-la.

Sua pele estava macia e perfumada e percebendo nitidamente que a deixava toda arrepiada, comecei a ousar nas carícias, deslizando lentamente as minhas mãos bem próximas aos seus seios e ao bumbum, aumentando a pressão dos dedos quando a tocava entre as pernas.

Numa dessas deslizadas esbarrei em seu sexo e o senti todo molhado... Nesse momento senti o meu membro latejar e a levantar a toalha que o cobria.

Ela, percebendo a minha ereção, olhou em meus olhos e sorriu maliciosamente sugerindo que eu retirasse a toalha e me ajeitasse melhor na cama.

Sem graça por fora e dando pulos latejantes por dentro, eu me ajeitei sobre ela e deixei com que o meu membro esbarrasse em sua pele.

Passei a ousar nas carícias, falar palavras picantes ao pé do ouvido e alternar beijos e mordidas suaves, ora em seu bumbum, ora em outras partes do corpo... Arrancando assim, gemidos de sua boca e contorções do seu corpo.

Escorreguei minhas mãos lentamente e ao tocar novamente em seu sexo úmido, parei e comecei a massageá-lo com uma de minhas mãos enquanto a outra deslizava em seu pescoço, em busca de seus cabelos. Ela delirou e gemeu alto, me deixando louco de desejo. Percebi que sua respiração se tornara ofegante e seus gemidos cada vez mais intensos.

Ao sentir que teria um orgasmo ela tocou no meu membro e o apertou, causando assim uma deliciosa sensação nele e uma maior excitação em mim...  E apertando-me gostoso ela liberou o seu primeiro gozo.

Ela levantou e virou e começou a me devorar... Lambendo o meu membro sensualmente, engolindo-o profundamente. Já estava louco de tesão e a segurei pelo cabelo enquanto delirava e sentia sua boca em todo membro deslizar.

Sentindo que eu não agüentaria por muito tempo, ela olhou em meus olhos e pediu para penetrá-la.

Percebendo que ela também estava excitada, coloquei-a de quatro e a penetrei gostoso; Logo em seguida pedi para ela se tocar e não resisti quando senti sua mão acariciar as minhas bolas...

Segurei em seu quadril e com a outra mão toquei em seu cabelo, puxando-o e levantando carinhosamente sua cabeça para trás. Ela se tocou e rebolou gostoso.

Ouvindo seus gemidos eu delirei e não agüentei... Aumentei a pressão e soquei o meu membro todo, provocando assim um prazer duplo e delicioso ao sentir o seu orgasmo juntamente com o meu gozo.

Nos beijamos, sentamos na cama e ficamos conversando saboreando o vinho. 



- Rabiscado by: ¨.¨}Cláudia e Paulo{¨.¨ às 10h21 PM
[ ]





              

Estava sentada na cama, lendo um livro, quando ele chegou, me roubou um beijo e passou a deslizar suas mãos pelo meu corpo, me provocando.

Senti-lo assim, com esse apetite me fez arrepiar e o toque molhado dos seus lábios no meu corpo, sua pele exalando um aroma altamente sensual, me deixou completamente molhada, então, tratei de abandonar o livro e passei a retribuir o beijo com a mesma intensidade, deslizando minhas unhas em seu peito e em suas costas.

Entrelacei uma de minhas pernas nas suas e deslizei o meu pé em seu corpo, tocando sua barriga, subindo em seu peito e percorrendo os seus lábios, sentindo os seus beijos molhados nos meus dedos.

Lentamente fiz o caminho inverso, me ajeitei na cama toquei em seu membro e senti que ele estava latejante de tesão, então passei a massageá-lo delicadamente, deixando-o alucinado e louco de vontade.

Fiquei assim por um tempo e para provocá-lo, percorri minhas mãos entre minhas pernas e comecei a me tocar... Ele ficou quieto, parado apenas vendo e sentindo.Pude ver o desejo em seus olhos e resolvi provocar mais um pouco.

Então, me levantei e comecei a beijá-lo... Dei uma mordiscada no canto de sua boca e segui em direção do seu pescoço, ora beijando-o, ora assoprando para dar arrepios.

E assim percorri até tocar a sua virilha, onde ao sentir o cheiro do seu sexo, fiquei completamente excitada.

Ajoelhei-me e de quatro, toquei em seu membro e passei a massageá-lo, ora apertando-o com delicadeza, ora fazendo movimentos que o deixava mais excitado. Vendo-o tarado e cheio de vontade olhei em seus olhos e comecei a lambê-lo de um jeito especial...  Ora chupando-o em toda a extremidade, ora abocanhando-o gulosamente por inteiro. Estava toda excitada então me ajeitei sobre ele e começamos a fazer um delicioso 69...

Percebendo que meu orgasmo se aproximava, disse para parar, mas, ele relutou e me pediu para deixar escorrer em sua boca todo o meu prazer... Não resisti e acabei liberando a minha excitação em sua boca.

Ele me puxou para cima e me beijou loucamente... Lentamente nos ajeitamos e sentei em seu colo, deixando com que seu membro penetrasse profundamente dentro de mim.

Com o olhar cheio de malicia e movimentos ousados, comecei a cavalgar em seu membro. Sentindo-o todo dentro de mim e tendo os bicos dos meus seios sendo mordiscados por sua boca, não resisti e gemendo gostoso tive mais um delicioso orgasmo.

Ele, completamente excitado e com o membro todo tarado, pediu para me virar e ficar de quatro.

Prontamente atendi, e para deixá-lo ainda mais excitado, empinei minha bundinha da maneira que ele gosta e, ao sentir o toque molhado dos seus lábios em minhas coxas, pedi para ele me tocar enquanto deslizava sua língua por toda parte.

Sua língua passeando sutilmente no meu sexo juntamente com o toque carinhoso de suas mãos, me fizerem arrepiar e fiquei completamente molhada.

Enquanto sentia o toque delicioso de sua língua dentro de mim, comecei a fazer movimentos provocantes, rebolando gostoso em sua cara.

Louco de desejo e cego de tesão, ele carinhosamente me deu uma palmada e me chamou de sua safadinha... E já não suportando mais tamanha excitação, ele me pegou de jeito e penetrou lentamente o seu delicioso membro dentro de mim...

Aquele vai e vem me deixou molhada e me fez querer mais; Então, deslizei minhas mãos e toquei em meu sexo, esbarrando ousadamente em suas bolas, comecei a me acariciar... Enquanto ele me penetrava me toquei gostoso, chegando ao orgasmo e mais uma vez tendo um prazer delicioso.

Ele retirou o seu membro de dentro de mim e veio em direção ao meu rosto, gozando  gostoso... Jorrando em minha cara e lambuzando a minha boca e os meus seios.

Fiquei ali, completamente saciada olhando em seus olhos brincando com o seu caldinho e esfregando-o nos meus seios...

Realizados e com os corpos suados, levantamos tomamos um banho e voltamos para cama, nos beijamos e ficamos agarrados, trocando juras de amor até adormecer.

 



- Rabiscado by: ¨.¨}Cláudia e Paulo{¨.¨ às 08h58 PM
[ ]





 

Atalhos...

 

Sinto teus olhos me seguindo

É como se me devorasse apenas no olhar

Passando tuas mãos pelo meu corpo

Aquece minhas entradas e entranhas

Me beija a boca, lambe as curvas

Inventa caminhos, segue minha estrada

Buscando no suor, o sal do prazer

Vai tocando, beijando, querendo

Colocas tua espada em minha bainha

E, eu vou me abrindo, cedendo, gozando

Sou sua montaria, na noite ou no dia

Deito e rolo em teu corpo sedento

Sou senhora dos teus desejos

És senhor dos meus prazeres

Num beijo, voraz, nos entregamos

Até o gozo chegar...

Amolecendo nossas carnes

Secando nossos lábios

Nos fartando de tanto amar

 (Kika Perez)

 



- Rabiscado by: ¨.¨}Cláudia e Paulo{¨.¨ às 08h58 PM
[ ]





                                

 

Ela tem o dom de me provocar e me dar prazer...

Fico louco de desejo ao vê-la vestida com roupas provocantes e sensuais... E, quando me olha com seu jeitinho meigo e sensual me despindo com o olhar, vou ao delírio.

Amo cada parte do teu corpo, pois, em cada uma delas sinto um prazer inigualável e um sabor diferente.

Sentir seu corpo colado ao meu, beijar sua boca, sentir o calor dos seus lábios e o toque molhado de sua língua me levam ao paraíso.

Aos poucos percorro o teu corpo, passeando minha língua e desfrutando os seus prazeres. Lentamente deslizo-a em seu pescoço e nesse instante sinto sua pele arrepiar, causando-me uma enorme excitação.

Continuo a minha viagem e ouvindo os gemidos que, deliciosamente saem de sua boca, sigo em busca de mais prazer... Começo a beijar os teus seios e a mordiscar os teus biquinhos que, de tanto tesão, estão rígidos. Então, eu não resisto só beija-los, preciso tocá-los, senti-los com minhas próprias mãos.

Após um tempo te causando doces arrepios, sinto o meu membro latejante e sigo em direção a sua virilha. Nesse instante, sinto a sua respiração ofegante e suas pernas entrelaçarem sobre mim, querendo me levar para perto do teu sexo...

Sinto o teu cheiro e vou ao delírio, mas resisto e te provoco... Voltando para cima, começo a beijar novamente a sua boca.

Você me pede... Implora... E vendo-te excitada, refaço o caminho, só que dessa vez, levo uma pedrinha de gelo comigo, pois, adoro sentir sua pele arrepiada.

Ao tocar novamente a tua virilha, faço com que gotas de água caiam do gelo sobre teu sexo deixando-te ainda mais molhada; e num momento mágico de satisfação e prazer, começo a te sugar, bailando a minha língua gelada por toda parte.

Levo-te ao delírio. Te dou prazer e sinto o teu corpo tremer... Ouço seus gemidos e sinto que o orgasmo está por perto, então, me aprofundo nas carícias e penetro a minha língua.

Você geme, treme, se contorce, rebola e se arrepia... E no auge do prazer, deixa o seu gozo escorrer em minha boca.

Então me levanto, olho em seus olhos e a beijo. Dividindo nesse beijo o seu gosto, o sabor do prazer.

Maliciosamente me beija e passa a retribuir os toques e as carícias. Toca em meu membro e o sente latejante. Então, desliza a sua mão, apertando-o com delicadeza e tocando-o com firmeza e num momento de ousadia, começa a deslizar sua língua por toda a parte e olhando em meus olhos, me devora, engolindo-o todo.   

Vendo o meu desejo, você se levanta, coloca-se de quatro e me pede para penetrá-la gostoso... Prontamente eu atendo e novamente te faço gemer.

E sentindo o seu rebolado gostoso, chego ao ponto máximo do prazer liberando o meu gozo, lambuzando você e jorrando o meu doce mel do prazer em todo o seu corpo.

 



- Rabiscado by: ¨.¨}Cláudia e Paulo{¨.¨ às 10h52 PM
[ ]





 

Estávamos viajando, final de semana diferente, familiar, descontraído e bastante excitante... Já havíamos estado naquele lugar, então, tudo era motivos para recordações e excitações. Eu e meu marido passeávamos a sós, de mãos dadas e relembrando o inicio de namoro.

Depois de um tempo caminhando, começamos a nos excitar com as recordações e como fazia muito calor,  resolvemos voltar para o hotel e nos refrescarmos na piscina. Porém, ao chegarmos encontramos a piscina lotada... Não pensei duas vezes e sugeri que fossemos para o quarto, afinal, podíamos nos refrescar com o ar condicionado e com um banho relaxante na banheira.

O elevador demorou e como estávamos a sós, ele começou a roçar suas coxas nas minhas e a deslizar suas mãos em todo o meu corpo. Nos beijamos feitos adolescentes... Beijos demorados... Caricias ousada... Mãos bobas passeando pelo corpo e tocando maliciosamente entre minhas pernas... Não tinha como resistir e me entreguei de corpo e alma.

Enfim o elevador chegou e ao abrir a porta, para a nossa alegria, não havia ninguém... Ele me olhou com ar de safado e em seus lábios pude ver um lindo sorriso maroto. Entramos e ambos excitados, não pensamos duas vezes e travamos a porta. Sabíamos que o tempo seria curto, mas o perigo de sermos pegos, deixou-nos mais excitados.

Enquanto me beijava ele deslizou sua mão por dentro do meu biquíni e começou a acariciar o meu sexo, deixando-me completamente molhada. Retribui o toque e sob a sunga passei a deslizar minha mão em seu membro ereto, duro e latejante... Num misto de tesão, excitação, medo e euforia, tirei-o para fora e comecei a chupá-lo, ora deslizando a minha língua por toda parte, ora envolvendo-o por inteiro com minha boca.

Sabia que tínhamos que ser rápidos e que outras pessoas poderiam precisar do elevador, então, contrariando os meus desejos e nossa vontade, respirei fundo e disse deveríamos para e continuar no quarto.

Ele não gostou muito, mas, acabou aceitado após dizer que me pegaria de jeito... Sorri e imaginando o que poderia acontecer me arrepiei inteira.

Chegamos ao quarto e mal tive tempo de fechar a porta, pois, ele me pegou no colo, me levou para cama e começou a beijar o meu corpo, retirando com a boca o meu biquíni.

Aos poucos senti sua língua deslizar no meu sexo e alternadamente penetrar-me gostoso. Não resiste, e toda excitada gozei em sua boca.

Louca de vontade de provocá-lo e excitá-lo, levantei-me e o deitei na cama, retirei sua sunga e dei um beijo suave em seu membro... Fiquei ali, parada olhando em seus olhos e desejando-o, então, deslizei a minha mão no meu corpo e acariciei os meus seios, mordisquei levemente um dos meus mamilos e desci minha mão entre minhas pernas...

Nesse momento pude ver nitidamente mais uma reação do seu membro e tendo a certeza que estava mexendo com sua libido, toquei-me prazerosamente. Deslizei minha mão por toda parte e até penetrei um de meus dedos dentro de mim, ele não mais resistindo de tesão, enquanto olhava atento aos meus gestos e movimentos, começou a se tocar...

Vendo seu toque e toda a sua excitação, não agüentei e me acariciando, gozei em minhas mãos... Agora já saciada, ajoelhei e toquei o seu membro que ao sentir minhas mãos lambuzadas, ficou ainda mais duro e latejante.

Depois de deixá-lo todo lambuzado, passei a saborear deslizando a minha língua em toda a extensão.

Pressionava-o com os lábios e podia sentir seu gozo querendo sair, então, aumentei a pressão e apertando-o com a minha mão, levei-o ao delírio quando comecei a fazer um vai e vem gostoso... Senti o seu corpo estremecer e ouvindo sua boca gemer, me preparei e recebi seu delicioso gozo... Que me deixou completamente lambuzada, desde a boca, o rosto até os seios.

Tomamos um banho, nos beijamos e saciados, caímos na cama e adormecemos num sono profundo, tendo a certeza que o amor e o tesão que sentimos um pelo outro é intenso, real e verdadeiro!

 



- Rabiscado by: ¨.¨}Cláudia e Paulo{¨.¨ às 09h47 PM
[ ]





 

 

Quando estás longe de mim, eu fico assim

Meio perdida...

E sem saída me pego pensando em você.

 

Você aqui...

Me beijando, me tocando...
Me lambendo, me enlouquecendo,

Me amando e penetrando o seu membro...


No meu corpo ainda sinto o teu cheiro de amor,

E no meu sexo sinto o teu calor...

 

Minha boca pede a sua...

Quero sentir os seus lábios molhados

Tocando a minha pele

Suas mãos percorrendo o meu corpo

E acariciando entre minhas coxas...

 

Como é gostoso sentir o teu membro invadindo a minha boca,

Num entra e sai gostoso, arrancando gemidos e te levando ao delírio,

Saboreando todo seu gozo...

 

Você me deixa assim,

Cheia de desejo e embriaga de amor,

E delirando te peço sempre mais...

 

E você prontamente obedece

E com as pernas me laça me abraça e me aperta...

 

E saciando as minhas vontades,

Sinto seu membro deslizar lentamente

Dentro de mim

Deixando-me completamente molhada...

 

E num raro momento de lucidez, digo:

Vem que sou só sua!

 



- Rabiscado by: ¨.¨}Cláudia e Paulo{¨.¨ às 11h32 PM
[ ]





     

Depois de sonhar deliciosamente com ele, acordei excitada e toda molhada... Porém, o despertar do relógio anunciava que estávamos atrasados; simplesmente o beijei, toquei levemente em seu membro ereto e fui tomar um banho quase frio para acordar e baixar o calor. Como iríamos trabalhar juntos, me vesti sensualmente e não esqueci de colocar o lingerie que ele tanto gosta.

Passei o dia provocando-o com palavras, gestos e toques ousados e excitantes...

Ele, louco de desejo, me pediu por diversas vezes para irmos há um lugar tranqüilo onde pudéssemos nos saciar... Porém, como eu estava disposta a provocá-lo ao máximo, neguei.

No final do dia, ainda excitada e louca de desejo, me aproximei de sua mesa, inclinei-me de tal forma que ele pudesse visualizar não somente o meu decote ousado, mas também os meus mamilos e, olhando em seus olhos, passei a mordiscar um de meus dedos e a deslizar a minha língua molhada em meus lábios famintos. Ele largou o que estava fazendo e ficou me observando, ora apertando o seu membro, ora tentando tocar em meus seios...

Para excitá-lo ainda mais, passei a lamber o meu dedo como se estivesse lambendo o seu membro e, em cada gesto meu, podia notar que seu membro ficava ainda mais duro e saliente.

Nesse instante pude sentir a umidade da minha calcinha aumentar e junto com ela, o meu desejo também aumentou, então, afastei sua cadeira, ajeitei-me e sentei em seu colo, pressionando o seu corpo contra o meu e comecei a beijá-lo loucamente...  

Enquanto o beijava, roçava lentamente o meu sexo em seu membro e por diversas vezes, esbarrei os meus seios em seu rosto, deixando-o ainda mais excitado.

Sem deixar de beijá-lo, comecei a deslizar as minhas mãos em seu corpo e a retirar a sua camisa, deixando-o seminu... Ele retribui os carinhos e tocando suavemente em meu corpo, abriu a minha blusa e deixou-me com os seios a mostra, retirou a minha saía e colocou a minha calcinha de lado deixando o meu sexo molhado sobre o seu membro, pronto para ser devorado...  

Maliciosamente sentei e comecei a cavalgar, levando-o à loucura quando não mais suportando de tesão, gozei em seu membro.

Ainda não saciada, passei a lamber aquele membro duro, latejante e todo lambuzado, deixando-o louco de desejo.

Atendendo á seus pedidos, virei e sentei em seu membro, ficando de costas para ele, permitindo assim que ele segurasse nos meus seios enquanto eu, ousadamente, me inclinava para frente e levava uma de minhas mãos para deslizar em meu sexo e acariciar suas bolas...

Com a mão toda lambuzada de tocar o meu sexo úmido, passei a alternar deliciosos movimentos... Ora apertando os meus lábios vaginais, como se quisesse devorá-lo todo, ora fazendo movimentos com o quadril para cima e para baixo, enchendo-o de prazer.

Não mais resistindo ao prazer e sentindo que a minha respiração já estava ofegante e o meu sexo louco de vontade explodir, diminui o ritmo e passei a gemer... E com movimentos suaves e prazerosos, cheguei novamente ao gozo, liberando num delicioso orgasmo múltiplo toda a minha excitação e prazer.

Ele sentindo tamanha lubrificação em seu membro, disse que explodiria, mas antes, me levantou, afastou os papéis da mesa e debruçou-me sobre ela, com uma de suas mãos puxou delicadamente uma mexa dos meus cabelos e com a outra, enquanto me penetrava gostoso, segurou em meu quadril.

Delirando de tesão, passou a estocar profundamente até jorrar gostoso todo o seu prazer dentro de mim, derramando abundantemente o seu gozo e lambuzando-me por toda parte.

Nos recompomos e fomos para casa, onde, durante o banho, pudemos novamente liberar um delicioso gozo.

             



- Rabiscado by: ¨.¨}Cláudia e Paulo{¨.¨ às 08h59 PM
[ ]





  

      

Havia planejado dar uma noite especial á ela...

Pensei em tudo: o jantar, as flores, a música, a bebida, o motel... Enfim, não esquecerá nenhum detalhe a não ser o de que ela sabe como ninguém, me surpreender e me dar prazer. No meio da tarde liguei para ela e disse que queria algo especial, então, pedi que ela se arrumasse, pois, iríamos sair.

Porém, ao chegar em casa e vê-la tão linda e sedutora, não resisti e cedi aos seus lábios úmidos e suculentos... Após um beijo longo e demorado, ela olhou para mim e sorriu, deixando transparecer em seu olhar, todo o desejo de me ter em seus braços.

Delirei e por um instante fiquei só imaginando o que haveria por trás daquele sorriso malicioso.

Olhando-a em seus olhos, passei a deslizar minhas mãos em sua pele macia e perfumada, que aos poucos, se arrepiava e timidamente se esfregava na minha.

Ela tomou conta de mim e das minhas vontades e, dando-me um delicioso beijo, me encaminhou ao banheiro. Chegando lá, pude sentir um delicioso perfume e notei que a banheira estava pronta a minha espera. Tentei argumentar, mas ela me calou com um beijo. Então, vendo que não tinha outra saída, me entreguei suas mãos.

Surpreendentemente ela pegou uma tipóia e sorrindo, vendou os meus olhos.

Confesso que não entendi nada, porém, gostei da situação e deixei com que ela prosseguisse.

De olhos vendados, sem saber o que estava acontecendo e totalmente exposto, passei a sentir e a delirar com os suaves toques de sua mão me despindo lentamente.

 Já totalmente nu, ela me conduziu a banheira e começou a deslizar suas mãos, como se fossem buchas a me esfregar, ou melhor, a me acariciar.

Fiquei um bom tempo embaixo d’água desfrutando de suas carícias. Tentei apalpa-la, mas foi em vão, então, na tentativa de trazê-la para a água, pedi um beijo.

Ao sentir aqueles lábios em minha boca, meu corpo ferveu e meu membro que já demonstrava sinais de excitação, ficará completamente enrijecido, aguçando ainda mais a minha libido e os meus pensamentos. Meu coração disparou e o que mais queria era penetrá-la, portanto, quando disse que a queria, ela se afastou e sussurrou no meu ouvido que a festa nem não havia começado.

Percebi que ela se afastou e levantou e perguntei o que havia feito de errado, mas com a voz doce e meiga, ela me pediu calma e disse que iria buscar uma surpresa e que já voltaria, me deixando além de excitado, ansioso e muito curioso.

Passados alguns instantes, comecei a ouvir a nossa música tocar e, a senti adentrar, totalmente nua, na banheira.

Tentei abraça-la, mas ela me segurou. Então, tentei retirar a venda, mas ela carinhosamente me pediu que não.

Mesmo achando estranho, cedi à tentação e continuei com os olhos vendados.

Ela deslizava suas mãos com maestria... Ora deslizando em meu peito, ora pegando firme e apertando o meu membro.

Num certo momento, percebi que a mão que deslizava em minhas costas não era a mesma que tocava o meu membro ereto, pois, a delicadeza das mãos estava diferente.

Então, todo confuso, perguntei a ela o que estava acontecendo, pois, notava algo de diferente em suas mãos...

 

 continua no post de baixo...

                       



- Rabiscado by: ¨.¨}Cláudia e Paulo{¨.¨ às 09h40 PM
[ ]





     

 

Foi aí que, tocando os seus lábios deliciosos nos meus e me beijando profundamente, ela deixou a venda dos meus olhos cair e pude ver que não estávamos sozinhos...

A principio assustei, mas a excitação falou mais alto e sorri... Simplesmente sorri e entrei no jogo.

Carinhosamente elas me tocavam e se revezavam, ora uma sentava e cavalgava em meu membro, ora outra vinha e me levava a loucura com suas mãos e toques ousados...

Por uma questão de opção, não penetrei as duas... Somente a minha esposa; porém me excitei ao máximo com as duas me tocando, me chupando e maliciosamente se acariciando.

Enquanto a misteriosa mulher me chupava, a minha esposa fazia carinhos ousados nela, deslizando sua língua em seus seios e passando seus dedos em seu sexo, me deixando ainda mais tarado.

Elas se revezavam e cada ora uma vinha e me surpreendia com mordiscadas e lambidas.

Já não resistindo ao tesão, disse que não agüentaria e, ambas se colocaram de joelhos para receber o meu gozo. Delirei e jorrei gostoso no rosto das duas, lambuzando-as abundantemente e deixando espirrar nos seios de minha esposa.

Para o meu delírio, ambas começaram a se tocar e se esfregar... Sugando o meu gozo e deslizando a língua nos seios uma da outra... Vendo-as chegando ao ponto máximo do prazer, delirei gostoso e, louco de desejo penetrei a minha esposa e, enquanto a misteriosa mulher a tocava com a língua, novamente gozei... Jorrando dentro da minha esposa todo o meu liquido do prazer. Saciados do desejo, tomamos um banho e, enquanto nos beijávamos a garota se arrumou e saiu sem dizer nada!

Preparei tudo e tentei fazer uma surpresa, porém, que foi deliciosamente surpreendido fui eu!

 

                                                           



- Rabiscado by: ¨.¨}Cláudia e Paulo{¨.¨ às 09h38 PM
[ ]





     

 

Depois de um árduo dia de trabalho cheguei em casa cansado, exausto e com muito sono então, tomei um banho e fui dormir.

Lá pelas tantas da madrugada comecei a sonhar que estava tendo relação com minha esposa. Como sempre, ela estava divina... Linda, sexy e provocante.

Podia sentir perfeitamente sua boca molhada tocando o meu peito e passeando em meu tórax, tocando lentamente a minha virilha.

Pude sentir também o deslizar de suas mãos delicadas tocarem o meu corpo e seus gestos de carinhos, fizeram o meu membro levitar.  

Fiquei ainda mais excitado ao vê-la devorando o meu membro com tanto apetite e satisfação...

Ah, se eu não estivesse cansado, podia jurar que era real!

E quando estava prestes a gozar, acordei e vi que tudo não passará realmente de um sonho. Um sonho que me abriu o apetite e me deixou completamente tarado e louco de vontade.

Então não pensei duas vezes antes de investir nas caricias para acordá-la. A principio resisti, mas ao vê-la ali deitada em nossa cama linda, sexy e indefesa, fez o meu corpo tremer de prazer.

Sutilmente eu a despi e comecei a beijar o seu corpo... E com ela nua, passei a deslizar minhas mãos e o meu membro ereto em seu corpo.

Percebi que a cada caricia ousada sua pele arrepiava e, mesmo ela estando dormindo, conseguia ouvir um tímido gemido sair de sua boca.

Comecei a beijar sua orelha, descendo pelo pescoço, pelo canto da boca e com delicadeza mordisquei os seus seios que estavam rígidos e apetitosos como sempre.

Nesse momento ela reagiu e, ainda sonolenta, passou a deslizar sua mão no meu membro, ora apertando-o com firmeza, ora deslizando seus dedos com delicadeza.

Estava louco de desejo... E sentir suas mãos me tocar fez com que eu quase gozasse, mas venci o tesão e retardei a ejaculação.

Passei então a deslizar os meus lábios em seu corpo, provocando arrepios e arrancando sussurros de sua boca.

Continue a bailar a minha língua até alcançar a sua virilha, onde, após afastar-lhe as pernas, passei a degustar o delicioso sabor de seu sexo.

Senti-la úmida e excitada foi o máximo e a cada penetrada de minha língua em seu maravilhoso sexo, ela ficava ainda mais molhada.

Passei a alternar carinho, delicadeza e uma suave pressão... Deixando-a sem opção há não ser a de gozar abundantemente em minha boca.

Saciei a minha cede com o seu delicioso sabor.

E quando pensei que ficaria na vontade, fui surpreendido com um maravilhoso sexo oral. Tenho que confessar que adoro senti-la engolindo o meu membro e me devorando com prazer... Pois ela sabe como ninguém, unir nos lábios pressão, sensualidade, provocação e delicadeza.

Ao vê-la, com o olhar cheio de malícia se deliciando e deslizando sua língua em minhas bolas e explorando cada parte do meu membro, não resisti e delirei... Explodindo em sua boca, liberei o meu gozo.

Jorrei forte e gostoso, lambuzando não somente a sua boca, mas também o seu rosto e os seus seios.  

Já refeitos do prazer, tomamos um banho e voltamos para cama, onde satisfeitos, pudemos descansar até o amanhecer.

 

         



- Rabiscado by: ¨.¨}Cláudia e Paulo{¨.¨ às 09h46 PM
[ ]





 

Estava em casa, sozinha e cheia de desejo, então resolvi tomar um longo e delicioso banho relaxante e estimulador. Retirei a roupa, abri o chuveiro e deixei com que a água morna molhasse o meu corpo lentamente. Aos poucos, fui deslizando as minhas mãos pelo meu corpo como se estivesse sendo acariciada por ele... Toquei suavemente os meus seios com as mãos cheias de espuma, percorri o meu pescoço e segui pelo meu ventre até tocar entre minhas pernas... Nesse momento, senti certo prazer e uma vontade louca de me tocar invadiu-me por inteira, porém, não era desse prazer que eu precisava, então, concentrei-me no banho e aproveitei o momento para me produzir e ficar a sua espera.

Não esqueci de nenhum detalhe, depilação completa, creme esfoliante nas pernas, máscara no rosto e nos cabelos, enfim, tudo para eu ficar com a pele macia, cheirosa e mais apetitosa...

Já relaxada, enrolei-me na toalha e fui em busca de uma roupa para vestir. Primeiro escolhi o lingerie mais sexy que tinha na gaveta, depois, uma blusa com decote ousado e uma saia com a fenda provocante... Arrumei o meu cabelo, fiz uma maquiagem natural, porém sensual, olhei-me no espelho e gostei do que vi. Sentei-me na sala e fiquei quietinha sentada ali, com o coração batendo forte aguardando a sua chegada.

Ao escutar o barulho do carro, meu coração gelou e pude sentir uma leve umidade em minha calcinha, não perdi tempo e fui correndo abrir à porta.

Ele entrou me olhou com ar malicioso da cabeça aos pés, deu uma volta para poder ver-me por inteira, puxou-me em seus braços e me beijou maravilhosamente.

Cheia de tesão e idéias ousadas, passei a deslizar minha mão em seu corpo até tocar, sobre a calça, em seu membro ereto e duro.

Para provocá-lo, joguei a chave no chão e maliciosamente me virei e abaixei para pegá-la... Abusei e deixei com que a minha bundinha tocasse levemente em seu membro.

Ele segurou em meu quadril, se esfregou, puxou-me novamente para ele e começou a beijar a minha boca, mordiscar e beijar o meu pescoço, a apertar a minha bundinha e a deslizar a sua língua em meus seios, mordiscando-os deliciosamente.

Louca de desejo retribui as caricias e retirei toda sua roupa. Beijando e deslizando as minhas unhas em seu peito, mordisquei o seu pescoço e provoquei arrepios em seu corpo todo.

Segui em direção a sua virilha e dizendo que estava toda molhada, passei a me deliciar em seu membro latejante, ora devorando-o com vontade, ora deslizando a minha língua e alternando a pressão dos lábios.

Estávamos loucos de desejo e, antes de gozarmos, ele pediu para provar o meu sexo... Deixando-me ainda mais excitada e toda molhada.

Ele me deitou no sofá, se abaixou e afastando minhas pernas começou a me beijar. Ele permaneceu ali por alguns minutos bailando a sua língua e se lambuzando com o meu sexo molhado... Ora sugando-o com delicadeza, ora penetrando-me carinhosamente com sua língua.

Já não mais resistindo ao tesão, pedi para que ele me penetrasse... Carinhosamente ele me atendeu, me colocou de bruços, se encaixou gostoso e começou a penetrar-me com delicadeza... Passei a deslizar as minhas mãos em meu sexo lambuzado, tocando suas bolas e sentindo os movimentos ferozes que me fez gozar abundantemente.

Ainda não saciada, pedi para ele se ajeitar, me aconcheguei e sentei gostoso em seu colo, sentindo o seu membro me invadir e tocar profundamente dentro de mim.

E, sentindo o latejar do seu membro delicioso, cavalguei gostoso até explodir de prazer e lambuzá-lo novamente com o meu gozo.

Entre sussurros e gemidos, senti um jato quente me invadir e pude ver em seus olhos a felicidade de estar jorrando dentro de mim, aquele seu gozo saboroso.

 



- Rabiscado by: ¨.¨}Cláudia e Paulo{¨.¨ às 08h58 PM
[ ]





O dia estava quente... Resolvemos ir ao clube para nos refrescarmos na piscina. Mas, o que serviria como refresco, serviu para nos deixar com um calor insuportável...

Enquanto ele nadava, eu estava sentada tomando sol e lendo um livro; Num determinado momento, ergui minha cabeça e vi que uma garota não tirava os olhos dele. Na hora o ciúme falou mais alto e não pensei duas vezes antes de pular na piscina e dar-lhe um beijo demorado. Ela, ao perceber que eu estava por perto ficou sem graça e preferiu se retirar...

Contei para ele o que havia acontecido e, rindo da minha atitude, deu-me um beijo ousado e demorado.  Já molhada e agora, toda excitada com o beijo, fiquei na água e começamos a brincar... Ora ele passava entre minhas pernas, ora eu passava entre as deles, mas em todas às vezes, deixava o meu corpo tocar em seu membro. Numa dessas esbarradas pude perceber sua excitação ao sentir seu membro, ereto querendo escapar...

Passei a ousar nas brincadeiras e a deslizar cada vez mais o meu corpo no dele. Loucos de tesão, resolvemos ir para a casa.

No meio do caminho, encontramos novamente a garota da piscina, tratei logo de me aproximar dele e deixar claro que ele estava acompanhado. Ela insistia nos olhares maliciosos e, como todo homem, o deixou ainda mais empolgado.

Para provocá-la, novamente o beijei e dessa vez fui um pouco mais ousada e deslizei as minhas no corpo inteiro dele, não esqueci de nenhuma parte... Comecei pela nuca, deslizei minhas unhas em sua costa molhada e sem camisa... Segui em direção a barriga, deslizei em sua virilha e, não mais o beijando e olhando para ela, esbarrei maliciosamente em seu membro tarado...

Deixei-a com vontade de fazer igual, pois percebi em seu rosto o quanto ela o desejava.

Já satisfeita da provocação e, com o tesão ainda mais aflorado, seguimos para casa. Durante o trajeto, não falamos nada... Apenas trocamos olhares ousados e desejadores...

Ao abrir a porta de casa, ele me pegou no colo e carregou até a banheira... Retirou a minha roupa e abriu a ducha para que eu me lavasse e retirasse do corpo a água da piscina. Ele também entrou e começamos a nos beijar e a nos tocar sob o chuveiro.

Enchi-me de tesão ao sentir o calor e o toque macio do seu dedo invadir o meu sexo úmido e louco de desejo... Mordiscando os meus seios ele se abaixou e passou a deslizar sua língua entre minhas pernas, arrancando-me gemidos que me fizeram arrepiar por inteira. Não resisti e gozei em sua boca.

Sorrindo, ele me beijou me pegou no colo e me deitou na cama... Ainda molhada ele passou a sugar o meu corpo, secando-o como se fosse uma toalha.

Novamente ele beijou o meu sexo e começou a bailar sua língua com movimentos ousados e gostosos.

Novamente excitada, me virei de quatro e deixei com que ele mordiscasse o meu bumbum, deixando-o ainda mais com tesão.

Com o membro latejante de tesão ele me penetrou... Bombeando gostoso me fez delirar.

Com uma de suas mãos acariciando os meus seios e a outra segurando em meus cabelos, ele me penetrou gostoso e novamente me fez gozar...

Ao sentir o meu gozo lambuzar o seu membro, ele o retirou de dentro de mim, me virou de frente, afastou minhas pernas e se deliciou com o meu sabor... Percorrendo sua língua por toda parte, penetrando-a profundamente e saciando sua sede em néctar de prazer.

Vendo-me saciada e explodindo de prazer ele se levantou, me colocou de joelhos e ofereceu o seu membro, ainda lambuzado com o meu gozo, para que o devorasse por inteiro...

Olhando em seus olhos eu prontamente o atendi, tocando a minha língua em sua glande, deslizando-a por toda extensão, contornei suas bolas e saboreei do meu próprio gosto... Só então eu o abocanhei por inteiro, engolindo-o gostoso e devorando-o gulosamente.

Percebendo que o seu gozo estava prestes a sair, aumentei a pressão e abusei das caricias... Passando pressionar os meus lábios em seu membro, causando assim uma maior excitação.

Já não mais resistindo ao tesão, ele gozou... Espirrando em meu rosto o seu mel de prazer, jorrando dentro e fora de minha boca e deixando escorrer entre meus seios. Após a excitação, voltamos pra banheira e tomamos um longo e demorado banho relaxante.



- Rabiscado by: ¨.¨}Cláudia e Paulo{¨.¨ às 09h30 PM
[ ]





Amo você e a sua maneira de fazer amor.

Seu jeito de me dar prazer me faz enlouquecer... Saber que te dou tanto prazer, me faz sentir a mulher mais especial do mundo. Às vezes me sinto gulosa. Pergunto-me se é normal desejar e querer amar e explorar tanto este seu corpo que me faz tão bem.

 

Mesmo estando preocupada não consigo resistir à tentação de te provocar, de deslizar as minhas pernas nas suas... De beijar essa sua boca deliciosa.

 

Gosto quando você, timidamente, começa a deslizar suas mãos a procura do meu tesão. Percorrendo o meu corpo, molhando seus dedos no meu sexo úmido e desejoso do seu prazer.

 

Ao me sentir molhada, você entrega o seu dedo úmido, lambuzado com meu prazer, em minha boca como se fosse o seu membro. Ah, eu enlouqueço só de imaginar...

 

Você é mestre em tocar-me com delicadeza, uma simples massagem é capaz de arrepiar-me. Sua boca em meus seios me faz delirar. A perfeição do deslizar da sua língua em minha pele, em meu ventre e em meu sexo deixa-me cada dia mais apaixonada e excitada.

 

Amo sentir o teu cheiro, pois ele tem o aroma do desejo que me excita e me domina. Gosto quando me penetra profundamente, pois amo ser possuída completamente.

 

Amo ver o seu olhar malicioso e no seu rosto, a satisfação do gozo quando devoro seu membro, engolindo-o todo e me lambuzando por inteira com seu liquido delicioso. 

 

Adoro cavalgar em seu colo, sussurrando baixinho em seu ouvido nossos desejos e delírios. Amo quando me coloca de quatro e num movimento ousado penetra-me com prazer.

 

Amo ser sua mulher, pois só você me dá prazer, me completa, me sacia, me enlouquece e me faz tremer e gemer.

 

Amo o Homem e o Marido, o Sócio e o  Amigo, O Amante e o Bombeiro... Simplesmente Amo Você!    

 



- Rabiscado by: ¨.¨}Cláudia e Paulo{¨.¨ às 10h14 PM
[ ]