~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*. .Nosso Perfil. ~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.
BLOG "ANJO SENSUAL"
Conteúdo Voltado Somente ao Público Adulto: "Contos, Textos, Imagem, Atualidades, Dicas de Saúde Sexual, Informações, Dicas e Links Variados".

"..ATENÇÃO..:
»PRIVAMOS PELO RESPEITO E PELO DIREITO AUTORAL!
»A maioria dos nossos textos são de autoria própria, portanto, quando não somos os autores, damos os devidos créditos e quando copiamos algo de outro Site ou Blog identificamos o mesmo!"
»Se você deseja copiar algo, avise-nos e lembre-se de respeitar a autoria!"

"OS CONTOS SÃO MERAMENTE NARRATIVOS!"
»" CASAL ANJO SENSUAL "«





~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*. .Tempo. ~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.







»Confira Nosso Arquivo«

-»Contos e Dicas by AnjoSensual
-»Contos Anteriores



»Passeio Virtual«

- "Cláudia Pit"
- "A arte de Fazer Bem Feito"
- "A menina atras da Janela"
- "Cantinho Sensual da Lali"
- "Dicas by Anjo Sensual"
- "Vanessa Oliveira"
- "ErotiCidades"
- "Nelma Penteado"
- "Sensualidade e Atualidade"
- "Sexy HelpDesk"
- "Visão Masculina"



»Indique o Blog«




~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*. .Fetiche e Fantasias. ~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.


...Sex Shop...
»Amor e Paixão«

...Sex Shop...
»Clique SexShop«

...Sex Shop...
»Darme Sex«

...Sex Shop...
»Desfrutando Sexshop«

...Sex Shop...
»Loja do Prazer«



~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*. .Sites Liberais. ~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.





~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*. .Aprovados. ~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.









~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*. .Visitas. ~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.












Era uma noite qualquer, não havia planejado nada de especial. Então resolvemos sentar na varanda para conversar e observar as estrelas; e devido ao calor, a noite estava linda. Estrelas brilhando no céu anunciavam que o dia seguinte seria quente, mas quente mesmo foi a deliciosa noite de amor que tivemos.

O papo gostoso, o clima, o ar puro e as estrelas no céu, mexeram com a minha libido e deixaram louca de desejo... E cheia de vontade comecei a provocá-lo e ao som de uma música caliente comecei a dançar, me insinuando e me tocando...

Ele me puxou para junto do seu corpo e começamos a nos beijar loucamente.

Passados os momentos iniciais de tesão, loucura e desejos fomos direto para o quarto, onde tivemos uma noite inteira de prazer.

Seu beijo molhado... Suas mãos bobas deslizando pelo meu corpo, ora tocando os meus seios e ora afagando os meus cabelos, juntamente com o calor do roçar das suas pernas nas minhas me levaram ao delírio...

Num único movimento ele me virou contra a parede e, falando sacanagens em meu ouvido passou a mordiscar o meu pescoço e deslizar sua língua molhada em minha costa.

Não resisti e pedi para ele me penetrar... Queira senti-lo dentro de mim!

Ele nem ligou e me beijando, virou-me novamente, deitou-me na cama e viajou sua boca molhada pelo meu corpo, me deixando arrepiada e me fazendo gemer de tesão.

Ao tocar o meu sexo, ele suspirou... Olhou em meus olhos e disse que adora sentir o meu sabor e se lambuzar com a minha lubrificação.

Estava louca de desejo e queria tocá-lo, então sugeri que ele deixasse eu me deitar sobre ele e retribuir esse carinho gostoso que ele estava me dando... Ele aceitou e num instante já estávamos tocando uma ao outro com nossas bocas e deslizando nossas línguas. Ele, em minha grutinha toda molhada e eu, sugando seu membro delicioso e latejante. Após saciar a minha vontade de chupar e ser chupada me ajeitei sobre ele e sentei lentamente no seu membro.

Sentindo ele completamente dentro de mim, passei a cavalgar gostoso e não resisti quando ele começou a mordiscar os meus mamilos... Gemi, rebolei, cavalguei e gozei gostoso, lambuzando todo o seu membro e o deixando louco de desejo.

Então fiquei de quatro e pedi para me penetrar...

Ele sorriu, deslizou sua língua pela minhas costas, desceu pela minha bundinha e novamente me deixou tarada ao tocar-me com suavidade e delicadeza. Gemi e supliquei que ele me penetrasse, pois, estava ardente de tesão...

Chamando-me de sua safadinha ele deslizou seu membro ereto no meu sexo lambuzando. E com ele todo melado pediu para eu devora-lo ainda molhado. Atendi prontamente e para seu delírio o engoli profundamente...

Tocando em suas bolas passei a sugá-lo, devorando-o todo... Num vai e vem gostoso, lambi cada parte do seu membro... Aumentando a pressão e ajudando com as minhas mãos.

Ele disse que não resistiria e num movimento rápido tirou-o de minha boca, me segurou pelo quadril e socando-o devagar, me penetrou gostoso...

Sentindo que seu gozo não demoraria, passei a rebolar e logo a me tocar... Ele foi ao delírio e não resistiu... Senti suas mãos me apertarem, sua respiração ficar ofegante e um gemido alto saindo da sua boca, anunciando assim que o gozo aconteceria...

Deliciei-me com aquele momento e fiquei apenas sentindo meu corpo estremecer ao perceber que seu liquido quente jorrava dentro de mim... Me invadindo, me lambuzando e escorrendo entre minhas pernas.

Exaustos pelo cansaço do prazer, deitamos lado a lado e dormimos até o amanhecer.



- Rabiscado by: ¨.¨}Cláudia e Paulo{¨.¨ às 10h34 PM
[ ]





Essa Noite...

 

Seria uma noite como outra qualquer.

Mas, talvez esse seu jeito de mulher fatal

Fez da nossa noite, uma noite especial! 

Esse seu olhar de mulher menina, com malícia

Tem nele uma magia que me hipnotiza... 

Seu toque com seu poder de sedução,

Arrepiou-me até o coração... 

Os seus beijos lambuzados,

Deixou-me completamente alucinado... 

Seu cheiro de mulher

Faz de mim o que bem quer... 

Sua língua ousada, molhada, e sensual

Devora-me de um jeito angelical... 

O seu gosto é único e tem sabor especial

Me deixa tarado, jamais existirá sabor igual... 

Suas palavras apimentadas

Alternando sutileza com safadeza,

Fez-me gozar com tanta proeza... 

Num momento de desejo e fantasia

Pude sentir você, minha menina,

Transformar-se na mulher mais linda, sexy,

Poderosa, gostosa, sedutora e atraente. 

E depois de tanto prazer,

Dormimos agarrados até amanhecer!

(adaptação by Paulo )



- Rabiscado by: ¨.¨}Cláudia e Paulo{¨.¨ às 07h48 PM
[ ]





Era final de domingo, estávamos em casa conversando quando comecei a observar seu lindo sorriso e os movimentos deliciosos de sua boca... Claro que ao perceber que eu a observava, ela ficou sem graça e parou de falar, mas logo eu a beijei e voltamos ao papo... Conversa vai... Conversa vem... Palavras picantes foram saindo de sua boca e logo seus lábios voltaram a sorrir e a me encher de desejo.

Começamos a degustar uma taça de vinho tinto, que fora muito bem acompanhada com a suavidade da sua voz e seu olhar cheio de malicia.

Sempre gostei de passar horas conversando com ela... Seu jeito carinhoso de ser, sua voz suave, seu sorriso, suas idéias e pensamentos sempre fiel ao seu ponto de vista e sua maneira clara, objetiva e descontraída de ver a vida como ela é me deixam fascinado e hipnotizado...

Nossos corpos começam a se esbarrar e nessa troca de energias, senti o frescor e a suavidade da sua pele. Não resisti e passei a tocar em seu corpo e a beijá-la ardentemente.

Em poucos instantes a deixei nua e então, passei a tocar e depois a sugar os seus biquinhos que estavam enrijecidos de tesão. Percorri minha língua sobre sua pele, deslizando em sua barriga e beijando delicadamente o seu umbigo. Ela fechou os olhos e se entregou...

Afastei suas pernas e beijei sua virilha, fazendo assim com que o seu corpo se arrepiasse de prazer. Fui beijando-a lentamente e cheguei em sua grutinha do amor... Fiquei ali por um tempo, brincando, penetrando minha língua e saboreando gulosamente esse seu sexo que tanto me dá prazer.

Percebi que ela não agüentaria, então, parei por um instante e a beijei, para que ela sentisse seu gosto em minha boca; Ela gostou e me pediu mais...

Mas fiz diferente, me coloquei sobre ela e a penetrei profundamente... E socando o meu membro a fiz gozar... E com olhar de menina safada me pediu para chupá-lo assim, todo lambuzado... Coloquei-me em sua frente e falei: - Vem minha safadinha... Vem que ele é todo seu!

Ela se levantou, joelhou aos meus pés e passou a devorá-lo como nunca; lambendo o meu membro duro e latejante com a pontinha da língua molhada no vinho gelado... Olhou em meus olhos, acariciou as minhas coxas, disse o quanto me amava e em seguida, começou a lamber as minhas bolas, subir e descer sua boca no meu membro num vai e vem gostoso... Ora devorando-o todo, ora sugando-o para dentro de sua boca.

Senti que não agüentaria e pedi para que parasse, mas ela se recusou dizendo que queria meu gozo em sua boca... Quase me entreguei aos seus pedidos, mas resisti e disse que não, pois, queria possuí-la... Senti-la minha... Faze-la minha, toda minha!

Ela sorriu... Me beijou e logo se ajeitou, me pedindo então para penetrá-la gostoso.

Prontamente atendi e cheio de desejo a invadi profundamente... Nossas bocas se tocaram... Meu corpo envolvia o seu corpo que estava ardente de tesão e suas pernas se trançaram nas minhas, fazendo com que o meu membro ficasse completamente todo dentro dela. E num desses apertões gostosos pude sentir o seu gozo escorrer e lambuzar o meu membro...

Vendo que ela havia saciado o seu prazer, pedi que virasse, pois, a queria de quatro. Ela se ajoelhou no sofá, olhou em meus olhos e sorriu enquanto eu a penetrava... Comecei a movimentar o meu corpo e socar o meu membro dentro dela... Ela passou a gemer e a me pedir para socar mais forte...

Aumentei a pressão e para o meu delírio ela começou a rebolar e a tocar suas mãos no seu sexo, esbarrando propositalmente em minhas bolas... Delirei!

Ela rebolou, gemeu, se contorceu e novamente deixou escorrer em mim o seu prazer; Não resisti e penetrando-a profundamente gozei gostoso... Comecei jorrando dentro e terminei lambuzando suas costas, seu sexo e sua bundinha que estava deliciosamente empinada para mim!

Ficamos abraçados durante um tempo e acabamos pegando no sono ali mesmo, abraçados e derrotados pelo prazer.



- Rabiscado by: ¨.¨}Cláudia e Paulo{¨.¨ às 10h50 PM
[ ]





Estávamos jogando quando nos propusemos a fazer uma aposta... Quem ganhasse, iria provocar o outro da forma mais excitante e prazerosa que pudesse e soubesse. Claro, que em matéria de provocação sempre ganho e como não poderia ser diferente fiz de tudo e consegui ganhar o jogo.

Ele, como um bom amante, abriu uma garrafa de vinho tinto, colocou uma música de fundo e disse: Pode começar, sou todo seu e quero me excitar!

Senti uma leve pitada de malicia em seu olhar e para provocá-lo, comecei a dançar... Fiquei assim por um tempo, mas aos poucos fui despindo-me e deixando o meu corpo todo a mostra.

Notei que seu membro estava duro e supondo que latejava de prazer, passei a insinuar uma masturbação... Ele delirou, se ajeitou no sofá e protestou dizendo que isso não valia, afinal, ele adora ver eu me tocando!

Claro que ao ouvir tais palavras, notei que o meu sexo ficará molhado, anunciando assim o quanto eu estava também com tesão... E como a aposta tinha que ser realizada, passei a me tocar.

Comecei tocando o meu pescoço, desci pelos seios, apertando-os levemente e passando a minha língua ao redor de um dos mamilos... Depois, olhando em seus olhos, deslizei um dos meus dedos contornando o meu lábio e o chupei gostoso, provocando assim um delicioso gemido de sua boca. Tocava-me com prazer e podia ver em seu olhar o quanto estava deixando-o maluco de tesão.

Desci minhas mãos pela barriga e enquanto uma seguia em direção ao umbigo, à outra tocou a minha virilha...

Para provocá-lo ainda mais, deitei-me em sua frente, abri lentamente as minhas pernas e bailei os meus dedos por toda parte do meu sexo, chegando até a penetrá-los vagarosamente...

Mais uma vez, ouvi os seus gemidos e então pedi para ver o seu membro... Queria ver se estava conseguindo provocar... Claro que estava... E tamanho era o tesão que podia ver de longe a pulsação das suas veias.  

Agora, ele também estava nu... E então, para provocá-lo, lambuzei a minha mão no meu sexo e o toquei com delicadeza, podendo assim não só sentir o pulsar do seu membro gostoso, mas também o fazer sentir o meu tesão...

Voltei a me tocar e olhando em seus olhos, cheguei a gozar...

Acredito que tenho “pagado” a aposta, pois ele não conseguiu se segurar e começou a me tocar.

Confesso que amei, pois, sentir suas mãos me tocando reacendeu o meu desejo e aumentou ainda mais o meu prazer.

Fechei meus olhos e me deixei levar pelo tesão em busca do prazer... Suas mãos substituíram as minhas maravilhosamente bem e, enquanto um dos seus dedos me penetrava, delirei sentindo sua boca mordiscar os meus mamilos.

Retribui as caricias e após apertar o seu membro, comecei a devorá-lo gostoso, começando suavemente para depois tornar os movimentos mais intensos.

Lambi... Beijei... Suguei... Devorei e Chupei gostoso, deslizando a minha língua por toda parte e causando assim uma excitação tão grande que por pouco não o fiz gozar...

Parei... Disse que queria senti-lo dentro de mim, então me levantei e virei pedindo para ele me penetrar por trás... Prontamente ele atendeu e segurando em meu quadril, começou a invadir-me com delicadeza.

Seus movimentos me levaram a loucura e enquanto rebolava freneticamente em seu membro, gozei gostoso...

Ouvindo os meus gemidos e vendo-me acabar com aquele maravilhoso orgasmo, ele não resistiu... O retirou para fora e jorrou aquele leite quente e grosso sobre mim... Lambuzou as minhas costas, a minha bundinha e deixou escorrer em meu sexo, esfregando-o bem devagar para que eu sentisse o seu prazer!

Claro que marcamos um novo jogo, mas com certeza, da próxima vez, ele queira perder de novo!



- Rabiscado by: ¨.¨}Cláudia e Paulo{¨.¨ às 09h52 PM
[ ]





Tive que resolver alguns problemas no trabalho e por causa disso, posso dizer que o meu dia fora estressante. Mas ao retornar para casa e ser recebido pela minha esposa sensualmente vestida, esqueci-me dos problemas e a beijei loucamente... Fui retribuído e agraciado com suas doces palavras dizendo no meu ouvido o quanto ela me ama e o quanto ela estava excitava... Mesmo cansado, enchi-me de desejo.

Sorrindo, ela me fez um carinho rápido, massageando e apertando o meu membro sobre a calça e disse para eu ir tomar um banho relaxante, para depois a possuí-la com prazer.

Durante o banho pensei em algo especial para fazer, pois sei que ela adora novidades, mas a única coisa que consegui foi ficar com ele latejante de tesão.

Vendo aquela ereção, não perdi tempo e tão logo sai do banho, a chamei no quarto...

Ao vê-la adentrar o quarto, ele reagiu ainda mais e ela, como uma boa safadinha, passou a devorá-lo por inteiro.

Primeiro o tocou delicadamente, para após, apertá-lo gostoso. Depois, ajoelhou-se em minha frente e passou a chupá-lo com prazer... E faminta, o devorou por completo.

Sua língua deslizava da base à cabeça, fazendo um vai e vem maravilhoso... Ora tocava em minhas bolas, querendo sugá-las... Ora engolia-o todo, mordiscando gostoso.

Minha excitação foi ao máximo e quase não consegui segurar o meu gozo, mas respirei fundo e a puxei para cima... Beijei sua boca ferozmente e mordisquei seus lábios como ela gosta, causando assim, deliciosos gemidos.

Como sei que ela gosta, apertei seus mamilos e a chamei de minha doce safadinha; A levei ao delírio quando a deitei na cama, afastei suas pernas e, com um dos meus dedos infiltrados na sua gruta do amor, percorri minha língua em cada parte do seu sexo que estava úmido e lambuzado... Ora deslizando-a, ora penetrando-a gostoso... Ela estava quase gozando quando deu um gemido e me pediu para parar. Confesso que na hora não entendi nada, mas parei e olhei em seus olhos que estavam brilhando para mim.

Ela sorriu e disse: Pare... Quero gozar e lambuzar o seu pau para depois eu chupa-lo gostoso!

Eu estava louco de tesão, então a virei de costas e, antes de penetrá-la, deslizei minha língua por toda parte, chupando-a novamente... Após me deliciar com seu sabor, toquei o seu sexo com uma das mãos e, lambuzando-a toda, toquei o meu membro, fazendo com que ele ficasse todo molhado... Ela foi ao delírio e gemeu gostoso, me pedindo para penetrá-la... Prontamente atendi e, segurando em seu quadril a penetrei profundamente...

A cada estocada, um gemido de sua boca era ouvido, aumentando ainda mais o meu tesão... Aumentei a pressão e passei a bombeá-la mais forte. E toda arrepiada, ela gemia, tremia, sussurrava e dizia que queria mais...

Não resisti ao sentir que uma de suas mãos acariciava o seu sexo, antecipando assim o seu gozo...  E chamando de minha safadinha, a vi rebolando e logo em seguida senti o meu membro encharcar...

O tesão invadiu o nosso quarto e não mais suportando de prazer, disse a ela que iria gozar... Ela parou e disse: Vem! Vem que eu quero seu leitinho... Vem derrama tudo na minha cara...

Entreguei-me ao prazer e jorrando gostoso, gozei em todo o seu rosto, lambuzando sua cara e enchendo sua boca com o meu leitinho grosso e quente...

Ela sorriu e me levando ao máximo dos prazeres, me chupou, me lambeu e engoliu quase que todo o meu gozo!

Deitamos na cama e descansamos um pouco... Já nem me lembrava mais dos problemas e famintos, tomamos um banho e saímos para comer uma pizza.



- Rabiscado by: ¨.¨}Cláudia e Paulo{¨.¨ às 12h35 AM
[ ]





A noite estava agradável para passear e como estávamos sozinhos, resolvemos sair e tomar um chopp bem gelado.

Ela estava linda, mas mesmo assim quis se “produzir” para sair, coisas de mulheres... Depois de um tempo de espera, ela reapareceu ainda mais linda. Não vou negar que gostei, mas para quem iria sair para refrescar o calor, ela estava sensual demais.

Durante o caminho, suas mãos passeavam maliciosamente em meu corpo e suas palavras picantes me deixou completamente excitado.

Chegamos ao barzinho e escolhemos um cantinho onde não pudéssemos ser vistos e então começamos a conversar. Olhos nos olhos, palavras picantes e insinuantes, toques sob a mesa... Enfim, um clima de sedução tomou conta de nós e a cada movimento de sua boca ou a cada olhar fogoso que ela me dava, sentia uma vontade louca de agarrá-la e, ali mesmo, fazermos amor.

Ela estava demais... Com um fogo especial que brilhavam em seus olhos e me enchia de desejos.

Não demorou muito para começarmos a nos beijar e fui ao delírio quando, discretamente deslizei minhas mãos sobre sua blusa, vindo a tocar os seus seios, que se encontravam endurecidos e com os biquinhos arrepiados. E, ao beijá-la no pescoço, ela, safadamente, sussurrou em meu ouvido que estava toda molhada...

Não resisti e, sob a toalha da mesa, comecei a tocá-la... Primeiro nos joelhos, depois subi tocando suas coxas e esbarrei levemente em sua virilha... Ela gemeu e sorrindo se ajeitou e disse que eu poderia continuar, pois, ela também queria.

Não pensei duas vezes e disse que iríamos embora, pois aquilo se tornaria perigoso demais.

Saímos e fomos para o carro... Mas, o tesão tomou conta da situação e de lá só saímos depois de saciarmos os nossos desejos.

Enquanto nos beijávamos ela apalpava o meu membro e eu, com uma de minhas mãos friccionava seus bicos e a outra passeava entre suas pernas, massageando delicadamente o seu sexo.

Nem ligamos se havia alguém por perto, afinal, estávamos envolvidos demais para pensar... Queríamos agir!

Enquanto a penetrava com meus dedos, ela abriu o zíper da minha bermuda e com habilidade retirou meu membro para fora e passou a degustá-lo profundamente, me levando ao delírio e quase me fazendo gozar...

Passamos para o banco de trás e, abrindo delicadamente suas pernas, comecei a chupá-la gostoso, deslizando minha língua por toda parte e, a fiz delirar quando a penetrei com minha língua... Senti o seu gozo escorrer em minha boca.

Meu membro estava latejante e louco de desejo, pedi que ela se virasse e lentamente a penetrei pó trás...

Minha safadinha estava demais e rebolava de uma maneira especial como nunca havia feito antes, seus gemidos e suas safadezas me deixavam cada vez mais tarado.

Ela me pediu para sentar, pois, queria cavalgar em mim e sem pensar duas vezes, a coloquei em meu colo e passei a beijar seus lindos seios enquanto ela cavalgava gostoso. Disse a ela que não resistiria muito tempo e ela me pediu para gozar em sua boca...

Mas não deu tempo e beijando sua boca e vendo-a sentando no meu membro, jorrei gostoso e a lambuzei com meu gozo.

Limpamos-nos e voltamos para casa, onde após um banho, pudemos nos deliciar novamente.



- Rabiscado by: ¨.¨}Cláudia e Paulo{¨.¨ às 08h56 AM
[ ]





Estávamos em casa, quando resolvi provocá-lo com gestos ousados e palavras picantes... No inicio era apenas brincadeira, uma brincadeira boba, porém, excitante que nos encheu de desejo e levou ao prazer.

Olhando em seus olhos, comecei a deslizar minha mão em seu corpo... Sem que ele pudesse se mexer e ou me tocar.

Em cada parte de seu corpo, podia sentir uma sensação diferente. Comecei tocando em seu rosto; contornando os seus lábios com a ponta dos meus dedos e a outra mão eu deslizei em seus cabelos lentamente até tocar sua nuca. Deslizei minha boca em direção ao seu pescoço e dei uma suave mordida, causando-lhe arrepios e gemidos...

Ousei... E deslizando a minha língua molhada em seus lábios, percorri o seu corpo, deslizando minha mão dentro de sua calça. Toquei levemente sua virilha e nessa hora, pude sentir o pulsar acelerado de seus batimentos cardíacos e sua respiração ficar ainda mais ofegante... Pude sentir também a ereção do seu membro, mas desviei e não o toquei, causando assim, uma maior excitação.

Beijei lentamente o canto direito da sua boca, desci para o queixo, beijei o seu pescoço, percorri o seu ombro... E, chegando a seu tórax, deliciei-me com o cheiro e a maciez da sua pele.

Desabotoei e retirei sua camisa. Deixando-o com o peito amostra, pude mordiscar o seu mamilo.

Continuei beijando sua barriga, descendo até a virilha. E num gesto ousado, deixei que a minha língua esbarrasse levemente na pontinha de seu membro que estava latejante e sedento...

Os gemidos e a sua respiração ofegante anunciavam que o gozo logo viria, então, olhando em seus olhos e ainda abaixada, retirei a minha blusa, deixando o meus seios à mostra e esfreguei-os sobre sua calça...

Levantei-me e semi-nua, comecei a acariciá-lo novamente, ora percorrendo minhas mãos, ora tocando os meus seios rígidos em seu corpo. Ele então, partiu para o ataque, fazendo comigo, tudo o que eu havia feito nele...

Maliciosamente ele soube me provocar ao percorrer suas mãos em meu rosto e seguir em direção aos meus seios.

O toque suave de suas mãos, o deslizar gostoso do seu rosto e o bailar de sua língua roçando os meus mamilos, provocaram-me sensações deliciosas e, ao ouvi-lo dizer que seu membro queria me penetrar, fui ao delírio...

Senti sua mão percorrer entre minhas pernas e tocar o meu sexo e num movimento gostoso, pude sentir o toque suave dos seus dedos e a penetração delicada de um deles dentro de mim, deixando-me completamente arrepiada e toda molhada...

Vendo a minha excitação, ele me deitou na cama e lentamente começou a beijar o meu sexo, invadiu-me com sua língua ousada, saciou sua sede com meu gozo...

Levantei-me e retribui as carícias, devorando seu membro por inteiro. Ora deslizando a minha língua por toda extensão, ora engolindo-o profundamente...

Louco de tesão, ele me colocou de quatro e lentamente penetrou o seu membro todo tarado em meu sexo lambuzado... Segurando em meus seios e alternando movimentos suaves e ferozes, fez me gozar diversas vezes...

Vendo-me satisfeita, gemeu, delirou e já não conseguindo se segurar, jorrou gostoso...

Lambuzando-me por trás e deixando escorrer em mim todo o seu gozo.

Saciados de desejo e amortecidos pelo prazer, tomamos um banho e dormimos abraçados até o amanhecer.  

                          



- Rabiscado by: ¨.¨}Cláudia e Paulo{¨.¨ às 11h31 PM
[ ]





Você sabe excitar?

Para uma relação ser perfeita não basta você seduzir e leva-la para cama... O mais importante é você saber conduzir, seduzir e excitar o seu (sua) parceiro (a). E, se a sua companhia for uma mulher, mais ainda, pois, nós mulheres gostamos e precisamos de um algo a mais na hora do prazer.

 

  Beijar... Aproveite aquele beijo para retirar as roupas suas e de sua companhia. Beijem-se lentamente, sem pressa, com gosto, gulosamente, safadamente...  Beije não só a boca, mas todo o corpo. Lembre-se que uma relação pode ou não começar pelo beijo, mas jamais deverá ficará sem um!

  Provocar... Isso mesmo, não há uma pessoa que resista á uma bela provocação... Abrace-a, puxe-a para perto de você, cole seu corpo no dela, suba as mãos pelas costas até a nuca, beije o pescoço (sem deixar marcas), beije a orelha suavemente deixando-a ouvir a sua respiração (respire normalmente, nada artificial), mas respeite seus gostos, pois, muitas pessoas não suportam o fato de terem suas orelhas “invadidas”...

  Explorar... As mulheres são bem mais verbais e auditivas (gostam de falar e ouvir) do que os homens, especialmente durante o sexo, portanto, continue provocando com palavras e gemidos, mas não esqueça de explorar outras partes do corpo. Percorra suas mãos vagarosamente por todo corpo, desça a mão pelas costas e toque nas nádegas e pernas, suba e passeio no tórax/ou entre os seios. Lembre-se de olhar nos olhos, pois assim aumenta a imaginação. Percorra suas mãos até as coxas e deslize-as suavemente, mas não toque em seu sexo/membro, lembre-se: Isso é como um jogo, não se deve baixar as melhores cartas logo.

  Tocar... Saber o que, quando e como tocar é tudo para que ambos saiam satisfeitos! Percorra sua mão entre os seios até chegar aos mamilos, sua companhia ainda estiver com roupa, vire sua mão e passe suavemente as costas dos dedos entreabertos ou as unhas, mas tem que ser com os quatro dedos para dar aquela trepidação, que é deliciosa, prenda o mamilo entre seus dedos e aperte suavemente. Se a posição em que estiver permitir, toque os dois seios ao mesmo tempo.

Depois de um tempo brincando com seus “botãozinhos de ouro”, deslize pela barriga e quadril e passe a mão na parte interna da coxa, sempre suavemente.

Comece a fazer movimentos circulares e vá-se aproximando vagarosa e perigosamente da virilha, esse suspense mata.

Chegando lá - o lá, é lá mesmo, na fenda, pois o lado de fora dos grandes lábios e a púbis (triângulo) ainda fazem parte do percurso e da aproximação perigosa - bom, chegando lá, o primeiro lugar que irá tocar é a entrada da vagina, por um simples motivo, você tem que verificar se ela está molhada, você não pode tocá-la se estiver seca. A maioria das mulheres quando excitadas, ficam com sua fenda completamente molhadas, evitando assim um atrito doloroso...

Obs.: Mas se ela não estiver molhada, não significa que ela não está excitada. Você pode aumentar essa lubrificação lambendo seus dedos e usar sua saliva para tornar o toque escorregadio e prazeroso. Toque-a carinhosa, suave e vagarosamente, não faça movimentos rápidos a menos que ela lhe peça por palavras ou conduzindo-lhe.

Se o seu objetivo é chegar ao sexo oral, prepare-se para começar... Mantenha a sua língua sempre umedecida para ela deslizar e não entrar em atrito e tome muito cuidado com os dentes/barba. 

  Suspense... Antes de “cair de boca”, faça um suspense e passeie sua língua por todo corpo do seu parceiro (a). Beije a virilha, a coxa interna, a barriga, o umbigo, vá rondando e aproximando-se perigosamente da região genital e volte um pouquinho, até finalmente tocar toda a área.

Ao chegar à área genital, passe a língua longa e lentamente por toda a sua extensão começando pela base, mas por cima, lamba toda área, beije, faça círculos com a língua, sempre com suavidade.

Depois de a por num ponto em que seu parceiro (a) vai estar se mexendo e esticando-se para ter a sua língua um pouco mais perto de onde ela quer satisfaça os desejos de ambos. Mas não esqueça que tudo que você fizer, deve ser feito com carinho e delicadeza. 

Depois de toda e qualquer relação sexual, lembre-se de colocar seu parceiro (a) entre seus braços, afagar os seus cabelos e acariciar seu rosto. Isto demonstra carinho, respeito, sensibilidade e gratidão.

(retirado site:http://www.mulhersafada.kit.net)



- Rabiscado by: ¨.¨}Cláudia e Paulo{¨.¨ às 12h32 AM
[ ]





O dia fora exaustivo e após um banho, pedi a ela que me fizesse uma massagem para relaxar a tensão... Mas confesso que, por um instante, esqueci completamente que suas mãos suaves não só me “relaxam” como também me deixa completamente excitado.

Prontamente ela me atendeu e com suas habilidades tomou conta de mim... Primeiro ela me beijou, se despiu e também retirou a pouca roupa que eu vestia e com um jeitinho todo especial me colocou sentado na cama... Com suas mãos suaves começou a tocar a minha cabeça, passou para a nunca e depois o pescoço o que me fez sentir uma leve reação no meu membro.

Ela continuou deslizando suas mãos pelo meu rosto, me fazendo sentir o delicioso aroma que suas mãos exalavam. Tentei abraça-la, pois, a desejava e queria toda minha, mas ela se esquivou e disse que continuaria fazendo a massagem... Nesse instante senti uma pitada de provocação e confesso que adorei.

Seu jeitinho sensual de me tocar fazia com que meu membro vibrasse e sua respiração próxima a minha causava-me arrepios e aguçava os meus desejos.

Percebendo minha excitação ela abusou e começou a percorrer suas mãos em minhas costas, minha virilha e entre as pernas... Estava sedento de seu corpo e queria tocá-la, mas ela não permitia e passou a deslizar suas unhas em meu corpo, provocando-me deliciosos arrepios.

Suas mãos passeavam pelo meu corpo como verdadeiros pássaros no ar, com idas e vindas deliciosas e esbarrões propositais que só aumentavam a minha excitação.

Meu membro ereto e latejante não suportaria por muito tempo àquelas provocações e então arrisquei em pedir que ela o tocasse... Arrisquei e fui surpreendido, pois, ela não só o tocou como também o devorou todinho com seus lábios macios e quentes.

Ah... Confesso que amei!

Seu toque, seu olhar angelical com uma pitada de safadeza e sua boca sugando o meu membro me levaram ao delírio e por pouco não jorrei em seu rosto...

Depois de um tempo ela permitiu-me toca-la e com carinho, retribui cada gesto seu. Primeiro a beijei loucamente... A beijei com amor, com vontade e com tesão... A massagem deu espaço a uma sedução maravilhosa e pude sentir em seus beijos que ela também me queria.

Tomei a frente da situação, a deitei na cama e passei a sentir a sua pele com minha língua... Percorri sua boca, sua nuca e seu pescoço. Acariciei, beijei, suguei e levemente mordisquei os seus deliciosos seios... Desci pelo seu ventre, toquei sua virilha, afastei suas pernas e comecei a beijar seu sexo que estava molhado e pedindo para ser devorado.

Ao olhar em seu rosto e ver em seu semblante um sorriso malicioso e sua boca mordendo o cantinho dos seus lábios, não resisti e a penetrei com minha língua... E contornando seus lábios vaginais, alternando leves sugadas com delicadas lambidas a fiz delirar e chegar a um doce e prazeroso clímax.

Mas ela queria mais... E com uma vontade louca me provocou com palavras, me deitou na cama se ajeitou sobre mim e me beijando, começou a cavalgar gostoso...

Seus movimentos de vai e volta me levaram ao delírio e seus gemidos deram-me a certeza, que ela, mais uma vez, atingiu o máximo dos prazeres...

Não hesitei, a levantei e a deitei-a de bruços, deixando seu bumbum bem empinado... Passei a percorrer a minha língua por toda região deixando-a molhada e novamente excitada. Meu membro estava latejante e para aliviar a dor, a penetrei profundamente.

Segurando em seu quadril, retribui os seus carinhos, alternei estocas fortes e movimentos ferozes, puxei levemente os seus cabelos e a chamando de minha safadinha a fiz gozar... E sentindo o calor do seu sexo lambuzando o meu membro não agüentei... O retirei para fora e jorrei gostoso, lambuzando sua deliciosa bundinha empinada...

Nos beijamos. E exaustos caímos na cama e tivemos um delicioso sono profundo.



- Rabiscado by: ¨.¨}Cláudia e Paulo{¨.¨ às 08h59 PM
[ ]





Hoje ao acordar, senti o teu cheiro de mulher, teus cabelos em meu peito e tuas pernas enroscadas nas minhas, um desejo louco invadiu-me por inteiro e fez com que meu membro inflasse, latejando de desejo.

Não resisti. Lentamente comecei a acariciar teu corpo ainda nu e pude sentir o arrepio que percorreu seu corpo e a fez despertar.

Com um lindo sorriso nos lábios você me desejou bom dia e contou-me que estava morta de desejos de me satisfazer.

Logo pude sentir tuas mãos sábias e delicadas tocar o meu corpo provocando meu gemido a cada toque ousado. Inesperadamente senti tua boca macia e deliciosa beijar o meu corpo, indo ao encontro do meu membro excitado.

Bem safadinha você começou a sugá-lo, olhando em meu rosto só para ver a minha reação. 

A tua língua molhada, as lambidas ousadas e a maneira carinhosa e cheia de malicia que só você sabe fazer, me encheram de prazer.

O cheiro de seu corpo, suave e delicado e o seu sexo úmido e quente, deixou-me completamente tarado.

Olhando nos teus olhos, vi a alegria em teu rosto ao jorrar em tua boca o meu  gozo, lambuzando-te completamente.

Ah... Se a nossa cama falasse! Ela diria que você és um anjo...
Um anjo que desceu do céu, não somente para ser amada, mas para me amar e encher-me de prazer. Teu coração transborda de amor, tua pele exala paixão e teu sexo decifra sua vontade.

Tu és meu anjo sem asas. Tu és o meu Anjo Sensual!

 



- Rabiscado by: ¨.¨}Cláudia e Paulo{¨.¨ às 11h24 PM
[ ]





 

Vamos começar o Ano da melhor maneira possível, então que tal aproveitar as dicas abaixo para fazer com que a sua vida seja muito mais que Tesão, Sexo e Prazer...

Ingredientes perfeitos para uma deliciosa noite de amor: 

Amor.....X...........Sexo

 Paixão.......X...........Sedução

     Champanhe....X......Morangos/Chantili

 

Tudo isso regado ao som de uma linda musica, um ambiente acolhedor e tendo como companhia uma mulher sedutora e atraente.

Esbanjando sensualidade e exalando um perfume altamente provocante de puro amor e desejo, ela tenta seduzir seu homem.

Uma mulher que não quer apenas dar amor, e sim, ser completamente devorada por uma noite inteira de prazer.

Para começar um beijo com sabor de champanhe, uma musica sensual para despi-la lentamente e saborosos morangos para serem degustados durante um delicioso sexo oral.

Nele...

O pênis totalmente ereto e latejante, banhado com um delicioso chantili, pronto para ser devorado por sua amada, que para ele, tem a boca mais sensual e provocante do planeta.

A troca de caricias, olhares e palavras excitantes, desejos e fantasias tornam a noite do casal, uma noite repleta de sensações e loucuras.

Uma noite onde cada toque, cada gesto e cada orgasmo têm um prazer diferente e a certeza de que a satisfação é mutua e duradoura.

 

Bom, na verdade seu parceiro pode ser homem ou mulher, isso não importa... O que conta é o amor, o carinho e o prazer que um(a) sente pelo outro(a)!

 

Esse ano estaremos auternando os contos com dicas e sugestões interessantes, então, se vocês tiverem alguma duvida ou sugestão para fazer sobre o tema "Sexo x Amor x Prazer" basta deixar o seu recadinho no mural, se preferirem, optem pelos comentários,ok!

 

 

                            



- Rabiscado by: ¨.¨}Cláudia e Paulo{¨.¨ às 11h51 PM
[ ]