~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*. .Nosso Perfil. ~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.
BLOG "ANJO SENSUAL"
Conteúdo Voltado Somente ao Público Adulto: "Contos, Textos, Imagem, Atualidades, Dicas de Saúde Sexual, Informações, Dicas e Links Variados".

"..ATENÇÃO..:
»PRIVAMOS PELO RESPEITO E PELO DIREITO AUTORAL!
»A maioria dos nossos textos são de autoria própria, portanto, quando não somos os autores, damos os devidos créditos e quando copiamos algo de outro Site ou Blog identificamos o mesmo!"
»Se você deseja copiar algo, avise-nos e lembre-se de respeitar a autoria!"

"OS CONTOS SÃO MERAMENTE NARRATIVOS!"
»" CASAL ANJO SENSUAL "«





~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*. .Tempo. ~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.







»Confira Nosso Arquivo«

-»Contos e Dicas by AnjoSensual
-»Contos Anteriores



»Passeio Virtual«

- "Cláudia Pit"
- "A arte de Fazer Bem Feito"
- "A menina atras da Janela"
- "Cantinho Sensual da Lali"
- "Dicas by Anjo Sensual"
- "Vanessa Oliveira"
- "ErotiCidades"
- "Nelma Penteado"
- "Sensualidade e Atualidade"
- "Sexy HelpDesk"
- "Visão Masculina"



»Indique o Blog«




~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*. .Fetiche e Fantasias. ~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.


...Sex Shop...
»Amor e Paixão«

...Sex Shop...
»Clique SexShop«

...Sex Shop...
»Darme Sex«

...Sex Shop...
»Desfrutando Sexshop«

...Sex Shop...
»Loja do Prazer«



~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*. .Sites Liberais. ~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.





~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*. .Aprovados. ~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.









~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*. .Visitas. ~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.












Estava no trânsito quando ouço o celular tocar...

Era ela, com sua voz meiga e sedutora perguntando se eu iria demorar; Respondi que faltavam alguns clientes para visitar e que em seguida iria para casa, mas ela, com seu jeitinho sensual de ser, me falou coisas picantes, me deixou excitado ao falar de como estava vestida e principalmente o que queria comigo.

Não pude e não quis resistir e sem pensar duas vezes, entrei no primeiro retorno que vi pela frente e segui direto para casa.

Ao chegar em casa percebi que as luzes estavam apagadas dando espaço ás velas que ela tanto gosta. Abri a porta da sala e pude sentir seu delicioso perfume pairando pelo ar... As velas acesas, seu cheiro espalhado pela casa e a nossa musica tocando no quarto prenunciaram o que me aguardava...

O tesão que era imenso, tornou-se maior e um misto de desejo e curiosidade tomou conta de todos os meus sentidos. E por um instante passou-se em minha cabeça um filme rápido de como ela poderia estar me esperando... O caminho da sala até o quarto parecia infinito.

Enfim cheguei ao quarto e ao vê-la trajando uma linda camisa rendada, com um shortinho ousado, delirei. Disse que assim era sacanagem, pois, ela sabe o quanto amo vê-la vestida assim.

Ela sorriu e deslizando seu dedo na borda da taça do vinho que tomava, olhou fixamente em meus olhos, mergulhou sensualmente e banhou seu dedo com o vinho... Novamente sorriu e com olhar cheio de malicia levou-o até a boca. Pude sentir o meu membro reagir e vibrar...

E, enquanto retirava minha roupa, ela me provocava com seus gestos sensuais e com palavras ousadas e picantes.

Peguei a taça de vinho de sua mão, só que ao invés de degustá-lo, esparramei-o sobre os seus deliciosos seios, que por hora ficaram arrepiados e todo molhado... Faminto e com o olhar cheio de malícia, saboreei o vinho em seu corpo, chupando e mordiscando aqueles bicos rígidos e apetitosos. E gemendo de prazer ela passou a massagear o meu membro com sua mão... Ela abusou da sincronia e fez um vai e vem maravilhoso, me deixando louco de tesão.

Passei a retribuir as carícias e senti que seu sexo estava molhado, completamente encharcado de prazer. Para seu delírio deslizei um dos meus dedos bem no meio... Ela gemeu, se contorceu e pediu mais.

E para provocá-la levei o meu dedo lambuzado até a boca e degustei do seu prazer... Mais uma vez ela pediu mais e pediu para deixá-la degustar junto comigo. Não resisti... E novamente passei o dedo em seu sexo, penetrando-a delicadamente... Retirei e levei até sua boca, mas antes que ela pudesse envolvê-lo com sua língua, a beijei e só então permiti que ela chupasse-o.

Quando demos conta já estávamos nos acariciando num sensual e prazeroso 69 e por muito pouco não gozei em sua boca.

Mas ela percebendo a minha excitação, se levantou, ajeitou seu corpo sobre o meu e começou a cavalgar.

Delirei e sentindo o meu membro batendo bem lá no fundo a fiz gozar... O calor do seu prazer escorrendo sobre o meu membro me fez enlouquecer e a segurando com delicadeza me movimentei e me virei de uma só vez... Ficando por cima dela, podendo assim, bombear o meu membro profundamente.

Ela estava fogosa e me pediu mais... Agora queria que eu a penetrasse por trás, então se ajeitou e ficou de quatro, pedindo para que eu a penetrasse gostoso.

Disse que assim eu não agüentaria... Sorrindo, disse-me que era isso que ela queria, que eu explodisse de prazer e lambuzasse toda a sua bundinha...

Passei a tocá-la com carinho e lentamente fui introduzindo o meu membro que estava latejante e dolorido de tesão.

Ela gemeu, se contorceu e rebolou, fazendo com que o meu membro penetrasse de uma só vez... Ambos deliramos.

Aumentei a pressão e passei a bombear gostoso; ela levou sua mão até seu sexo e passou a se tocar e por diversas vezes esbarrar sua mão em minhas bolas... Senti que ela iria novamente gozar e aproveitando o seu momento de prazer, jorrei gostoso, deixando com que o meu gozo espirrasse profundamente... Primeiro dentro e, logo depois, o retirei para fora e deixei que a lambuzasse por toda parte.

Beijamo-nos e ficamos ali abraçados, conversando e degustando o vinho que sobrará.



- Rabiscado by: ¨.¨}Cláudia e Paulo{¨.¨ às 12h11 AM
[ ]





    

Sexo sem limites

A manutenção de um relacionamento é quase sempre igual. Um cineminha aqui, um motelzinho ali, e assim o casal segue jantando fora, comendo pipoca em frente à televisão, comemorando datas especiais e tomando chope com os amigos. Só que ainda que os filmes não sejam sempre os mesmos, e a cidade ofereça uma imensa variedade de motéis ou o chope acabe num assunto completamente diferente ao da semana anterior, a rotina é praticamente inevitável numa relação. Nem o sexo escapa. Por mais que o Kama Sutra garanta novidades durante um ano inteiro, ninguém está livre de encarar o pesadelo da monotonia. Buscar novas experiências pode ser uma saída, mas fazer do diferente uma rotina é um risco que se corre.

 

Quando isso acontece, a busca pelo prazer pode se transformar em obsessão e o sexo perder o limite.


Com certeza, o maior desafio de quem quer viver uma relação feliz e saudável é não deixar a peteca cair... Há quem consiga, mantendo um diálogo aberto e realizando juntos seus fetiches, usamos apetrechos, comestíveis ou não, fazemos os seus próprios filmes pornôs e criando historinhas "normais", como sair sem calcinha e dar uma de Sharon Stone, ele agarra-la na frente das pessoas para deixá-las constrangidas ou excitadas, varandas e janelas muitas vezes são palcos de exibicionismo, já que ser observado pode ser um bom ingrediente para ascender os instintos, entre outras coisas.

 

As teorias em torno do que pode ou não no sexo são bastante particulares, cada um tem seu limite ou grau de normalidade. O que para muitos é assustador, seja pela cultura, educação ou pelos próprios limites que o ser humano se impõem, para outros é totalmente normal, ou melhor, habitual.

O que é certo é que devemos manter a palavra “preconceito” longe quando o tema é vida sexual, pois, cada um tem desejos, vontades e manias próprias que devem ser respeitadas por todos. O que conta é a realização pessoal, o prazer que se obtém, sempre levando em consideração o bom censo, a tolerância, o limite e o respeito e a lealdade para com quem está ao seu lado.

 

O limite não está na prática do sexo, mas nas conseqüências que os excessos podem causar se ele virar uma verdadeira obsessão, sem respeito às pessoas envolvidas. Fantasias, filmes eróticos, troca de casais serão sempre saudáveis se beneficiarem a relação e se todos os envolvidos estiverem de acordo.


Portanto, não se pode falar de limite quando o assunto é sexo, algo totalmente pessoal. Mas é bom ficar de antenas ligadas para que esse tempero não passe a ser essencial para a relação. A busca do equilíbrio e do respeito é o grande objetivo de quem quer viver feliz ao lado de outra pessoa. 

(texto extraído do site:crazymania/mulher)



- Rabiscado by: ¨.¨}Cláudia e Paulo{¨.¨ às 09h45 PM
[ ]





Era madrugada... Estava sonolenta mas pude sentir perfeitamente as suas mãos deslizando em meu corpo em busca dos meus desejos. No inicio pensei que era sonho, mas a medida que o meu corpo começou a despertar, consequentemente pude sentir os arrepios que ele me provocava e ao perceber minha calcinha molhada, tive a certeza o quanto era real.

Tentei abrir os olhos mas nada adiantou... As luzes estavam apagadas e a escuridão que habitava o nosso quarto tornou aquele momento mais tentador e fascinante. Seu corpo exalava um delicioso perfume de homem... Homem sedutor, homem faminto de sexo... Cheio de tesão!

Nesse instante sinto seus lábios me tocando e suas carícias começam a ficar ainda mais ousadas. Suas mãos bobas, passeiam como uma ave em busca de liberdade... 

Já não consigo controlar os meus desejos e retribuo as caricias na mesma intensidade que as recebo... Ao tocar em seu membro ereto, latejante e faminto ouço um gemido delicioso sair de sua boca.

Fico excitada e digo que estou toda molhada.

Você finge que não acredita e diz que precisa sentir... E quando penso que suas mãos me tocariam, sou surpreendida com sua língua sugando cada gota do meu néctar... Saboreando-me como se fosse um morango doce e suculento.

Vou ao delírio... Gemo, me contorço e por pouco não gozo em sua boca, mas quero mais, sempre quero mais... Quero que me possuas... Toda nua... Toda sua!

Quero sentir você dentro de mim, então te peço para me penetrar gostoso e safadamente. Você não hesita e com delicadeza desliza seus lábios até os meus seios e sugando os meus mamilos, mais uma vez me leva ao delírio.

Você sente o meu tesão e começa a mordiscá-los, pois sabe que não resisto. Eu tento falar... Quero pedir para parar, mas sou interrompida com um beijo.

Você então parte pra cima de mim... Me envolve em teus braços e entrelaça suas pernas nas minhas.

Mais uma vez respiro fundo e te peço para fazer-me sua. Você diz que ainda não, pois quer me ver mais excitada... Me quer ainda mais molhada e toda tarada.

Digo que não resistirei muito tempo e então você me pede para chupá-lo gostoso.

Fico feliz pois assim eu respiro e posso adiar a minha vontade... Ledo engano, pois quando devoro o seu membro, sinto um tesão incontrolável...

Agora é pra valer... Não agüento mais, quero você!

E sem pensar duas vezes me ajeito sobre o seu corpo e começo a cavalgar profundamente... E fazendo um vai e vem gostoso, sinto-o todo dentro de mim e ao aumentar o galope, não resisto e gozo alucinadamente...

Libero em você o meu tesão, a minha excitação e o meu prazer.

Você, me sentindo satisfeita, me coloca de quatro, me acaricia gostoso e me penetra gulosamente de uma só vez... E com estocadas profundas leva-me ao prazer, fazendo o meu corpo tremer... Me faz gemer e delirar e dessa vez tenho um orgasmo duplo... Maravilhoso!

Você também não agüenta e libera o seu prazer... Goza gostoso, jorrando seu liquido gostoso dentro de mim. Extasiado diz que me ama e me deseja...

Caímos exaustos, vencidos pelo prazer e tendo a escuridão como cúmplice da magia de do prazer, nos entregamos ao sono e adormecemos até o sol aparecer.



- Rabiscado by: ¨.¨}Cláudia e Paulo{¨.¨ às 11h49 PM
[ ]





Estava trabalhando quando ela chegou de mansinho e com seu jeitinho sexy se ajeitou no meu colo... Perguntou o que eu estava fazendo e se me atrapalhava; respondi que estava terminando umas planilhas e que, em hipótese alguma ela me atrapalhava, muito pelo contrário... Sua presença me alegrava e me enchia de tesão.

Ela pegou uma cadeira e sentou-se ao meu lado e ficou apenas observando.

Ao perceber que eu acabara o serviço, ela perguntou se eu não queria navegar por alguns sites eróticos e foi logo sugerindo alguns endereços.

Não quis e nem tive como negar e, com ela no comando, passamos ver fotos, assistir vídeos e ler alguns contos... Estava excitado e navegar nesses sites fizeram com que o meu membro ficasse ereto, portanto, saliente sob o short.

Ela percebeu a minha ereção e, como umas das mãos estava movimentando o mouse, colocou a outra em minha perna, deslizando-a até minha virilha. Como eu estava somente de short, senti seus dedos esbarrarem nas minhas bolas e sua mão suave tocar o meu membro; e com uma certa malicia no olhar, começou a alisá-lo gostoso.

Fui ao delírio... Desliguei-me de tudo e me permiti somente sentir o delicioso movimento da sua mão.

Coloquei minha mão entre sua perna... Lambuzei os meus dedos em seu prazer e para provocá-la, levei-os até minha boca e senti seu gosto em meus lábios.

Estava tarado e sem pensar duas vezes, coloquei o meu membro para fora e pedi para que ela o devorasse.

Ela se abaixou... Segurou com firmeza e o chupou com vontade.

A pressão dos seus lábios, o deslizar da sua língua juntamente com os movimentos de vai e vem da sua mão, me levaram ao prazer e por pouco não jorrei em sua boca... Mas, ao perceber que eu não resistiria, ela apertou o membro na base, retirou sua mão e me beijou gulosamente.

Depois, retirou sua blusa e deixou seus seios a mostra... Deslizou suas mãos sobre os bicos, apertou-os com delicadeza, passou sua língua por todo mamilo e olhou nos meus olhos, e tendo no olhar o desejo para que eu os devorasse, insinuou que eu fizesse o mesmo.

Louco de tesão eu satisfiz o seu pedido, chupando aqueles biquinhos rígidos e arrepiados a fiz delirar. Em seguida a peguei no colo e a levei para cama...

Deitei-a delicadamente, retirei sua saia e sua minúscula calcinha, afastei suas pernas e fui de encontro ao seu sexo, que estava molhado, completamente lambuzado... Ela segurou nos meus cabelos e gemendo gostoso, gozou em minha boca.

Percebi que ela ainda não estava satisfeita, então a virei de costas e mordisquei o seu bumbum... Ajeitei-me sobre ela e deixei com que o meu membro tocasse em seu sexo lambuzado.

Deslizei-o por toda parte, ora deixando com que ele penetrasse levemente o seu sexo, ora esfregando-o carinhosamente em sua bundinha.... Fui ao delírio quando percebi que ela estava toda excitada e sem pensar duas vezes, a penetrei profundamente. Ela gemeu... Suspirou... Se contorceu e se arrepiou, mas querendo brincar mais, me pediu para parar. Não entendi e mesmo contrariado sai de cima dela.

Ela então se levantou... Deslizou suas mãos em seu sexo e me provocando com caras e bocas, provou do seu sabor.

Novamente fui ao delírio e disse que assim, eu não suportaria, então, olhando em meus olhos, ela veio pra cima de mim... Se ajeitou e o escondeu todo dentro dela.

Num vai e vem sensual ela cavalgou gostoso e sussurrando palavras picantes no meu ouvido, me lambuzou com o seu prazer.

Eu sentindo o meu membro todo tarado, não resisti e socando-o profundamente, cheguei ao máximo de prazer...

O retirei para fora e gozei gostoso... Jorrei sobre o seu sexo e deixei escorrer e lambuzar entre suas pernas.

Exaustos, ficamos ali deitados com os corpos grudados, sentindo o amor, o carinho e o calor dos nossos corpos... E num prazer indiscutível, adormecemos lado a lado!



- Rabiscado by: ¨.¨}Cláudia e Paulo{¨.¨ às 10h56 PM
[ ]





Com o propósito de variar e sair da rotina, sem ele saber, reservei uma suíte num motel luxuoso... Combinei com o gerente que gostaria de uma decoração especial, a base de pétalas de rosas vermelhas espalhadas pelo quarto, balde de gelo com champanhe e, pedi que contratasse uma dançarina de strip-tease para um show exclusivo e particular. Saí mais sedo do serviço, passei no salão de beleza para dar uma mudada no visual e, ao chegar em casa, liguei para ele dizendo que o amava e o desejava muito e, para saciar a minha vontade, havia reservado uma noite especial para nós... Como todo homem curioso, ele quis saber do que se tratava, mas disse somente que queria ir ao motel e que o restante era surpresa.

Ele concordou e disse que logo estaria em casa.

Não demorou muito para ele chegar e, a me ver toda produzida, deixou brotar nos lábios um sorriso malicioso e nos seus olhos, um olhar faminto e devorador.

Confesso que o meu tesão foi ao alto e quase que não resisti as suas caricias, porém, disse que as surpresas estavam apenas começando e sugeri que fosse logo se arrumar para sairmos.

Durante o banho, fiquei quieta no meu canto, apenas observando cada movimento do seu corpo. Adoro vê-lo se tocar.

Já todo arrumado, perfumado e, ambos, muito excitados, saímos em direção ao motel. No caminho, conversamos sobe tudo e todas as vezes que ele tocava no assunto querendo saber das surpresas, eu fingia que não sabia de nada...

Ao chegarmos, o gerente nos cumprimentou e deu as chaves da suíte... Sem saber o que estava acontecendo, ele olhou para mim, agradeceu ao gerente e pegou a chave.

Ao entrarmos na suíte, fomos recebidos por uma linda garota, vestida sensualmente e que tinha em suas mãos, duas taças com champanhes gelados..

Ainda sem saber, mas desconfiando do que estava acontecendo, ele agradeceu a ela, olhou para mim, disse que eu não existia e fechou a porta.

A garota tratou de nos acomodar na cama, apagou as luzes, deixando somente acessa a pista de dança; ligou o som e sem dizer nada começou a dançar... Primeiro com movimentos sensuais, deslizando as mãos em seu próprio corpo... Retirou as botas, as luvas e desabotoou a camisa, deixando a mostra um lindo lingerie de vermelho, todo rendado.

Aos poucos ela se aproximou da cama e puxou-o para a pista e, então, começou a dançar ora se aproximando dele, ora afastando-o e não permitindo que a tocasse... Ele já todo excitado, entrou no jogo e aceitou as caricias.

Lentamente ela se despiu ficando somente de lingerie e, semi-nua, ela o provocou, dando-lhe um beijo no canto da boca... Porém, ela o conduziu novamente para a cama e, ousada, passou por cima dele e veio ao meu lado, deixando os seus seios tocar aos meus, deixando-o completamente doido de tesão.

Ela se levantou, me puxou para a pista e, juntas, começamos a dançar com movimentos sensuais e caricias ousada... Enquanto eu me despia, ela o provocava tocando em meu corpo, ora deslizando as mãos, ora segurando em meus seios; terminado sua apresentação por aí... Ela vestiu um roupão de seda e saiu do quarto.

Ele todo tarado, começou a me beijar... E entre toques, beijos e carícias nos amamos gostosos, de várias formas e diversas posições, ora na cama, ora na piscina, ora na banheira... E assim, tivemos uma noite prazerosa, diferente e excitante. E combinamos de repetir a dose numa nova oportunidade.



- Rabiscado by: ¨.¨}Cláudia e Paulo{¨.¨ às 10h20 PM
[ ]





Era o seu aniversário e para comemorarmos, combinamos de sair para dançar e chamamos alguns amigos.

Não sei se porque era o seu aniversário, mas havia algo de diferente em seu olhar e em seus gestos... Algo que mexeu comigo e me deixou louco de desejo.

Ela exalava sensualidade e os meus olhos pareciam estar hipnotizados por ela. Suas pernas, seus cabelos, seus seios, sua boca e seus movimentos... Tudo estava mais lindo e atraente.

Estávamos dançando quando cochichei em seu ouvido dizendo o quanto ela estava linda e o quanto eu estava excitado.

Ela sorriu e me beijou ardentemente. Esqueci por uns minutos onde estávamos e sem pensar duas vezes passei a deslizar minhas mãos em seu corpo.

Ela se virou e aproveitei o momento para abraçá-la por trás, deixando com que minhas mãos a segurassem pela cintura e minha boca beijasse o seu pescoço... Ela se encaixou melhor e me fez sentir uma deliciosa reação do meu membro.

Estava louco de desejo e disse em seu ouvido que a desejava... Queria tê-la em meus braços e tinha que ser rápido, pois sentia que não suportaria muito tempo. Foi então que ela sugeriu que saíssemos sem falar com os amigos para evitar as piadinhas...

Seguimos em direção ao motel mais próximo que havia e, durante o caminho, ela se insinuava e quase me fez gozar com suas caricias sobre a calça.

Ao entrarmos, ela tirou os sapatos e começamos a nos beijar loucamente... Retirei sua roupa e a peguei no colo, colocando-a sobre a mesa que havia no quarto. Tirei a minha roupa e comecei a desfrutar daquele corpo que me enchia de prazer...

E enquanto minhas mãos percorriam cada centímetro do seu corpo, beijei sua boca, afaguei os seus cabelos, mordisquei os seus seios e desci em busca do sexo... Em cada parte que eu a tocava, ouvia um gemido sair da sua boca e não demorou muito para que eu a fizesse gozar gostoso.

Após um rápido prazer ela se levantou e me pediu para deitar na cama... Então passou a degustar do meu membro com gosto e muito prazer. Ela fazia um vai e vem maravilhoso, um vai e vem como nunca haiva feito. Os movimentos da sua língua... Os toques suaves das suas mãos e o calor da sua boca me fizeram delirar.

Ela percebeu que eu não resistiria muito tempo e dizendo que iria cavalgar gostoso se aconchegou sobre mim... Ajeitou suas pernas e sentou maravilhosamente, engolindo o meu membro com o seu sexo quente e lambuzado.

Seus movimentos de entra e sai... Suas palavras ousadas e doces gemidos em meu ouvido, os bicos dos seus seios, latejantes e arrepiados, em minha boca juntamente com o tesão que eu já estava, me levaram ao ápice do prazer e quando ela percebeu que eu iria gozar, ela saiu de cima de mim e veio pegar todo o meu leitinho com sua boca...

Não agüentei e delirei... Olhando sua cara de safadinha gulosa gozei gostoso, espirrando por toda parte... Lambuzando os seus seios... Jorrando em rosto e deixando escorrer em sua boca.

Estarrecidos pelo prazer, resolvemos passar a noite ali mesmo... Deitamos lado a lado e dormimos até o amanhecer.

Logo pela manhã ela me agradeceu pela “festa” de aniversário e me convidando para tomar um banho, disse que queria outra festa só que agora na banheira...!



- Rabiscado by: ¨.¨}Cláudia e Paulo{¨.¨ às 11h29 PM
[ ]





O dia havia sido estressante. A reunião com o cliente além de atrasar foi cansativa, o trânsito como sempre caótico atrasou-me ainda mais e para ajudar discutimos pelo telefone...

Então, para contornar a situação e me desculpar pelo horário, passei na floricultura e comprei um lindo arranjo de tulipas vermelhas e pedi para a vendedora embalar junto, uma garrafa de vinho tinto, urso de pelúcia e uma caixa de bombons ao licor, tudo do jeito que ela gosta.

Cheguei em casa e meio sem jeito fui direto ao nosso quarto. Entrei, dei um beijo carinhoso e pedi desculpas pelo horário e pela discussão. Ela olhou em meus olhos e, com lágrimas no olhar, disse que estava cansada e que queria dormir.

Prontifiquei-me para fazer uma sessão de massagem, pois sei que assim ela relaxa e acaba adormecendo. Ela aceitou, mas preferiu que tomássemos um banho antes.

Durante o banho não nos falamos, apenas nos esbarramos e trocamos olhares maliciosos que falavam por si só...

Já no quarto, lembrei-me dos presentes que havia deixado na sala, então me enrolei na toalha e pedi que ela aguardasse um pouquinho, pois iria buscar algo... Retornei e a encontrei deitada, linda e provocante.

Ao vê-la vestida fatalmente, respirei fundo para não deixar escapar que ela estava um tesão, pois não saberia como ela iria reagir... Então, novamente pedi desculpas, dei os presentes e fui agraciado com um lindo sorriso em seus lábios e um delicioso beijo molhado. Pedi para que ela se deitasse, pois iria massageá-la.

Ela retirou o sutiã, ajeitou o shortinho e deitou de bruços, pedindo para que começasse pelas costas.

Confesso que fui à loucura e todo empolgado, passei a tocá-la.

Sua pele estava macia e perfumada e percebendo nitidamente que a deixava toda arrepiada, comecei a ousar nas carícias, deslizando lentamente as minhas mãos bem próximas aos seus seios e ao bumbum, aumentando a pressão dos dedos quando a tocava entre as pernas.

Numa dessas deslizadas esbarrei em seu sexo e o senti todo molhado... Nesse momento senti o meu membro latejar e a levantar a toalha que o cobria.

Ela, percebendo a minha reação, olhou em meus olhos e sorriu maliciosamente, pedindo para eu retirar a toalha e me ajeitar melhor na cama.

Sem graça por fora e dando pulos latejantes por dentro, eu me ajeitei sobre ela e deixei com que o meu membro esbarrasse em sua pele.

Passei a ousar nas carícias, falar palavras picantes ao pé do ouvido e alternar beijos e mordidas suaves, ora em seu bumbum, ora em outras partes do corpo... Arrancando assim, gemidos de sua boca e contorções do seu corpo.

Escorreguei minhas mãos lentamente e ao tocar novamente em seu sexo úmido, parei e comecei a massageá-lo com uma de minhas mãos enquanto a outra deslizava em seu pescoço, em busca de seus cabelos. Ela delirou e gemeu alto, me deixando louco de desejo.

Percebi que sua respiração se tornara ofegante e que seus gemidos cada vez mais intensos.

Ao sentir que teria um orgasmo ela tocou no meu membro e o apertou, causando assim uma deliciosa sensação nele e uma maior excitação em mim... E apertando-me gostoso ela liberou o seu primeiro gozo.

Então ela se virou e começou a me devorar... Lambendo o meu membro sensualmente, engolindo-o profundamente. Já estava louco de tesão e a segurei pelo cabelo enquanto delirava.

Sentindo que não mais agüentaria, ela olhou em meus olhos e pediu para penetrá-la.

Percebendo que ela também estava excitada, coloquei-a de quatro e a penetrei gostoso; Logo em seguida pedi para ela se tocar e não resisti quando senti sua mão acariciar as minhas bolas...

Segurei em seu quadril e com a outra mão toquei em seu cabelo, puxando-o e levantando carinhosamente sua cabeça para trás, ela se tocou e rebolou gostoso.

Ouvindo seus gemidos eu delirei e não agüentei... Aumentei a pressão e soquei o meu membro todo, provocando assim um delicioso prazer de sentir o seu orgasmo juntamente com o meu gozo.

Nos beijamos, sentamos na cama e conversando, degustamos o vinho e saboreamos alguns  bombons.



- Rabiscado by: ¨.¨}Cláudia e Paulo{¨.¨ às 10h19 PM
[ ]





 

Não poderíamos ficar de fora não é mesmo!

 

Fomos convidados a participar de uma brincadeira entre blogs e seus respectivos donos. O desafio consiste em postar uma foto e logo abaixo 5 manias ou gostos pessoais voltados para a sexualidade.

 

Mesmo achando que entramos numa fria, vamos aceitar o desafio, afinal, o que são 5 manias ou gostos pessoais na arte da sexualidade... E para que ninguém se sinta menosprezados, pois recebemos o desafio de 4 queridas amigas, vamos deixar 10 manias, ou seja, primeiro eu falo das minhas manias, depois o Paulo fala das deles,ok

E também repassamos o desafio para os seguintes donos dos blogs:

 

Waléria  - http://chantily.zip.net

Doce Pequena - http://www.segredos_de_beijo.blogger.com.br

Nadja - http://nadjaloukapornet.blogger.com.br

Ivonete - http://www.sonhoseilusoes.blogger.com.br

Iara - http://versoseprosa.zip.net

 

 

 

Manias e Gostos...

 

Adoro provocar com gestos, gemidos, toques, insinuações... Sussurrar no ouvido palavras picantes e bem excitantes só para vê-lo sentindo prazer mesmo estando fora da cama!

Sexo oral... Olhos nos olhos!  Sexo anal... Puxões no cabelo!

Monotonia nunca... Adoro variar posições e experimentar coisas novas!

Ser banhada com champanhe e degustada com morangos....

Ser “pega” por trás... hum........!

 

Hummmm.... Agora chega não éh! Se não eu acabo me empolgando e vira contos......rsrsrs.

 

 

Continua abaixo...

 



- Rabiscado by: ¨.¨}Cláudia e Paulo{¨.¨ às 10h52 PM
[ ]





Continuando...

Manias e Gostos dele...

 Uma noite de muito amor e prazer não pode faltar.... Hum... Não vou revelar não, pois, seja a forma que for, é sempre muito gostoso!

 Vê-la dançando só para mim!

 Sexo oral... Adoro devorar e ser devorado e se ela tiver “lisinha” melhor ainda!

 Atiçá-la com palavras picantes no ouvido!

 Sentir o seu prazer escorrendo em mim... Se for cavalgando, melhor ainda!!!

 

Está bom assim néh........ Pois só de pensar e escrever deu uma vontade!!!

 



- Rabiscado by: ¨.¨}Cláudia e Paulo{¨.¨ às 10h48 PM
[ ]





Em um recanto calmo, de um lugar qualquer

Corpos unidos pelo abraço forte, coração em ritmo louco

Lábios úmidos, ardentes, briga de línguas

Pernas que se roçam, desejo que aumenta

Mãos carentes, perdidas, aflitas

 

Procurando o melhor caminho para o prazer

Aos poucos se despem sem pudor

Corpos que se entrelaçam feito cobras

No chão as roupas em forma de ninho

 

Na espera dos amantes, pássaros sozinhos

Em sua nudez, mais sensações descobrem

Se roçam, se tocam, se deleitam

Deslizam em si mesmos, vão ao chão

Grudados, suados, em um só carinho

 

Esquecidos do tempo e do espaço, sem hora

No auge da agonia, em busca do êxtase total

Quem penetra é sugado, é lambido, é guardado

 

Entre manobras, suspiros, abraços

O prazer que faz estremecer, um grito é contido

Os corpos cansados, adormecem no sono mágico

De quem saboreou um doce pecado

 

(Kika Perez)



- Rabiscado by: ¨.¨}Cláudia e Paulo{¨.¨ às 12h32 PM
[ ]