~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*. .Nosso Perfil. ~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.
BLOG "ANJO SENSUAL"
Conteúdo Voltado Somente ao Público Adulto: "Contos, Textos, Imagem, Atualidades, Dicas de Saúde Sexual, Informações, Dicas e Links Variados".

"..ATENÇÃO..:
»PRIVAMOS PELO RESPEITO E PELO DIREITO AUTORAL!
»A maioria dos nossos textos são de autoria própria, portanto, quando não somos os autores, damos os devidos créditos e quando copiamos algo de outro Site ou Blog identificamos o mesmo!"
»Se você deseja copiar algo, avise-nos e lembre-se de respeitar a autoria!"

"OS CONTOS SÃO MERAMENTE NARRATIVOS!"
»" CASAL ANJO SENSUAL "«





~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*. .Tempo. ~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.







»Confira Nosso Arquivo«

-»Contos e Dicas by AnjoSensual
-»Contos Anteriores



»Passeio Virtual«

- "Cláudia Pit"
- "A arte de Fazer Bem Feito"
- "A menina atras da Janela"
- "Cantinho Sensual da Lali"
- "Dicas by Anjo Sensual"
- "Vanessa Oliveira"
- "ErotiCidades"
- "Nelma Penteado"
- "Sensualidade e Atualidade"
- "Sexy HelpDesk"
- "Visão Masculina"



»Indique o Blog«




~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*. .Fetiche e Fantasias. ~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.


...Sex Shop...
»Amor e Paixão«

...Sex Shop...
»Clique SexShop«

...Sex Shop...
»Darme Sex«

...Sex Shop...
»Desfrutando Sexshop«

...Sex Shop...
»Loja do Prazer«



~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*. .Sites Liberais. ~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.





~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*. .Aprovados. ~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.









~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*. .Visitas. ~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.












Madrugada fria, acordo e vejo que o cobertor está no chão. Levanto, recoloco-a sobre a cama e fico parada, olhando-o dormir, e imaginando mil coisas.

Aproveito que estou em pé e vou beber um copo d’água; o frio é imenso e meu corpo fica todo arrepiado, então, corro pra cama e me agarro em seu corpo quente.

Me ajeito, me esfrego, me encaixo... Sem querer deslizo minha mão sobre seu membro e percebo que ele está ereto... Imagino coisas e tento adivinhar com o que você está sonhando.

Não resisto e, embora a temperatura esteja baixa, eu te desnudo e passo a admirar todo seu corpo. Meus olhos brilham, meu corpo pede o seu corpo, minha boca pede a tua boca e minhas mãos querem te tocar... Não quero acordá-lo, seria injusto! Mas ficar apenas te olhando também seria e, como sem querer, começo a te acariciar delicadamente.

Minhas mãos percorrem seu corpo em busca de um arrepio, tento te acordar, mas você nem se mexe. Paro e fico novamente a te olhar... Penso no que seria mais justo, quase desisto, mas parece que o frio mexeu comigo, pois estou cheia de tesão. Retorno as caricias.

De repente sinto sua respiração ficar ofegante e imagino que você está acordando... Me empolgo e começo a brincar com seu ‘menino’... Acaricio, deslizo minha língua úmida e envolvo-o entre meus lábios, ‘ele’ parece gostar!

Começo então a tocar meus seios, apertando-os gostoso, brinco com minha língua ao redor dos mamilos. Sinto que estou molhada, louca pra ser tocada... E sem pensar, começo a me acariciar com os dedos.

Estou sedenta... Me desligo dos pensamentos e imagino você dentro de mim, num vai e vem gostoso... Respiro fundo e quando abro os olhos e olho para você, vejo que está acordado. Fico feliz.

A gente se olha e pensa no tesão que está ali pronto pra explodir. Dou uma risada sem graça e digo o quanto te quero. Te beijo e falo do meu tesão.

Vejo seus olhos brilharem de desejo. A gente se beija.

Sinto sua mão na minha perna, afasto-a uma da outra pra facilitar. Você me descobri toda e dizendo loucuras e olhando nos meus olhos começa a me tocar.

Sinto suas mãos tocando minhas coxas, tocando a pele, fazendo carinho, me fazendo delirar. Coloca minha calcinha de lado e sente o calor da minha ‘gruta’. Eu estou quente, pegando fogo, molhada, querendo sua mão dentro de mim, mas você vai devagar e eu começo a suspirar, quase implorando pra ir mais rápido. Sinto seus dedos entrando e saindo, brincando e socando... Tento pegar no seu pau, mas você não deixa, quer me sentir apenas, diz que depois eu brinco com ele, agora é a sua vez.

Respiro fundo. Eu estou toda entregue, inteiramente entregue, então, abro mais a perna e peço pra me penetrar. Mexo-me na cama pra que a sua mão entre mais fundo e você sorri um sorriso sacana dizendo que também me quer.

E com aquele olhar safado, me abraça fortemente, diz que adora me ver arrepiada e me beija gostoso. Retira minha calcinha, abre minhas pernas e com um tesão incontrolável mexe seus dedos dentro de mim, me fazendo gemer.

Se ajeita. Me pega de jeito,  abaixa a cabeça e me chupa com vontade, desliza sua língua por toda parte, quase me fazendo gozar... Você sente que não vou agüentar e para, fica de joelho na cama e puxa minha cabeça na direção do seu pau, duro, quente, latejando.

Te chupo gostoso, deslizo minha língua percorrendo toda extensão, descendo até as bolas, sugando gostoso. Sei que você gosta e que quer mais. Então fico ali, saciando as minhas, as suas, as nossas vontades... Digo que agora é a minha vez de brincar. Você não agüenta, me puxa pelo cabelo, me coloca de quatro e enfia com vontade.

Eu ali entregue louca de tesão sinto seu pau bater até o fundo. Socando gostoso, ora enfiando em minha ‘gruta’ ora deslizando em minha bunda. Deliro. Adoro. Gozo rebolando, me esfregando em você...

Você não resisti. Solta um gemido e goza em minha bundinha, deixando seu caldinho escorrer entre minhas pernas.

Te olho, sorrio, te beijo.

Puxamos o cobertor sobre nossos corpos e dormimos agarrados, como se estivéssemos sonhando... Um sonho real, prazeroso e relaxante!

 



- Rabiscado by: Casal Anjo Sensual às 02h15 PM
[ ]





Estávamos sem nos ver a alguns dias, portanto, ansiosos, cheio de tesão e saudades. Mal podíamos esperar o momento de nos reencontrarmos.

Fui esperá-lo no aeroporto... Meu coração batia forte, podia sentir sua presença bem próxima a minha.

Enfim, ele apareceu... Nos olhamos, sorrimos, corremos em direção um ao outro. Nos abraçamos e nos beijamos ardentemente, trocamos carícias, afagos... Por um instante viajamos, era como se não houvesse mais ninguém por ali, apenas nós dois... Voltamos à realidade e rimos da situação.

Seguimos direto pra o motel mais próximo.

Ao entrar na suíte nos beijamos novamente, agora sem pudor, sem pressa, sem ninguém olhando... Nossa respiração estava ofegante... Nossos corpos estavam carentes, sedentos, famintos e suados... Fomos direto pro banho.

Nos refrescamos, nos tocamos, nos excitamos e nos beijamos, curtimos todas as preliminares possíveis e imaginarias.

Estávamos explodindo de tesão... Ele me pegou no colo, seguiu até o quarto e me beijando, levou-me até a cama.  Em seguida, disse que eu era a mulher mais saborosa do mundo, a mais desejada, a mais safada, a mais linda... A melhor!

Eu sorri e retribui dizendo que era toda sua, só sua.

Ele disse que estava louco de saudades, que me queria, me desejava... Me apertou com força e seus beijos ousados começaram a procurar os lugares mais distintos da minha pele, do meu corpo... Ele acariciou meus seios, mordiscou meus mamilos e deslizou sua língua entre minhas pernas, deixando-me completamente arrepiada. Não sei se era a saudades ou se era o tesão, mas o fato era que ele estava ainda mais lindo, delicioso e safado...

Passei a acariciá-lo também. Queria sentir seu corpo, sua pele, seu tesão e o seu cheiro, o cheiro do meu homem. Pude sentir nele o desejo de ser acariciado, beijado, amassado. Ele estava louco de tesão e eu ia atender a seus desejos, fazer com que ele explodisse num gozo maravilhoso e sem igual.

Minhas mãos começaram a percorrer seu corpo em busca de lhe dar prazer... Toquei seu tórax, belisquei seu mamilo, acariciei suas coxas e beijei sua virilha... Beijando ardentemente, segurei firme em seu membro ereto e teso e passei a acariciá-lo.

Sussurrei em seu ouvido que estava molhada... Seu membro vibrou em minhas mãos... Delirei e querendo sentir esse tesão bem de perto, ajoelhei-me e degustei cada centímetro do seu membro... Chupei, devorei, lambi e passeei a minha língua desde a cabecinha até a base, procurando sentir toda sua extensão, olhando em seus olhos e gemendo de prazer.

Senti que seu gozo estava próximo... Ele pediu parar... Seus movimentos ficaram tensos... Suas carícias ousadas... Senti seu membro penetrar-me profundamente, suspirei, gemi e deixei sair às palavras mais gostosas de se ouvir nesse momento. Estávamos totalmente entregues. Éramos um só corpo, uma só alma, um só desejo.

Os movimentos fortes, sutis, alternados e intensos davam uma gostosa sensação... Prazer que tanto me fez falta em sua ausência.

Exalávamos tesão... Não estávamos mais agüentando, senti seus braços apertando-me ainda mais forte... Não resisti e movimentando os quadris, cheguei ao mais puro e realizador orgasmo... Foi intenso, prazeroso, mas não o suficiente... Pedi mais, queria mais... Tive mais... Ele não agüentou e jorrou em mim o gozo acumulado.

Nos beijamos, agora, com menos intensidade, porém com o mesmo amor... Ficamos abraçados, ele do lado de dentro, eu com ele dentro de mim... Senti o nosso gozo escorrer por nossas pernas... Rimos... Voltamos pro banho, afinal, era fim de tarde de um dia quente de sol, e de tesão.

Tomamos um banho demorado e relaxante. Famintos, decidimos pedir algo pra comer... Ficamos ali, comendo, bebendo, se acariciando, colocando a conversa em dia e saciando a saudades e o tesão... Estava tudo perfeito que nem percebemos a hora passar... Fomos interrompidos pelo telefone da recepção avisando que o tempo havia acabado. Rimos... Nos beijamos e nos arrumamos.

Voltamos para casa, felizes, realizados... Saciados!

 



- Rabiscado by: Casal Anjo Sensual às 03h58 PM
[ ]





Nada melhor para apimentar a relação do que uma boa dose de “doces loucuras”.

Palavras picantes, atitudes provocantes, carícias ousadas, troca de e-mails e torpedos com um ar bem safado... São nesses momentos que os desejos secretos são divididos sem culpa, aumentando ainda mais a fantasia e o tesão; Tudo fica ainda mais gostoso e excitante.

 

Estávamos no final de mais um dia agitado. Dia esse em que muitas coisas aconteceram, umas com desfecho satisfatório e outras nem tanto, porém, todas as vezes que tínhamos uma oportunidade, discretamente, nos pegávamos em beijos e amassos que deixava os dois loucos de tesão e de vontade.


Enfim ficamos a sós...

Ao me preparar para ir tomar um banho, fui deliciosamente surpreendida por suas mãos me pegando de jeito pelas costas, logo senti seus lábios úmidos em meu pescoço causando arrepio em todo meu corpo... Me entreguei ao prazer e o beijo foi inevitável.

 

Para provocá-lo, comecei a deslizar minhas mãos devagarzinho em seu corpo e pude sentir seu membro latejando e completamente duro, mesmo por cima da calça, apertei-o, deixando-o maluco. Ele por sua vez, começou a acariciar minha nuca, puxando levemente o meu cabelo para trás, ora beijava ora mordiscava meu pescoço, e com a outra mão ele tocava em meu seio sob a blusa.

 

Comecei a gemer e ele, ainda não satisfeito, começou a falar em meu ouvido, suas fantasias secretas, me deixando ainda mais excitada e com vontade de realizá-las... Uma a uma, sem descriminação.

 

Ele me perguntou se eu estava gostando de ouvir sobre seus desejos ocultos e respondi que sim e que estava toda molhada...

Não hesitei, e para que ele pudesse provar do seu próprio veneno, falei das minhas... Estávamos em êxtase e o nosso tesão era enorme (talvez apimentado por uma sensação nova, diferente e até então proibida).

 

Sei que ele também gostou... E chamando-me de sua safada, tirou a minha blusa e passou a me lamber inteira. Meu corpo clamava pelo seu e minha boca procurava a sua boca... Enquanto sua língua (delicada, úmida e faminta) sugava os meus seios, suas mãos acariciavam meu corpo, apalpando meu outro seio e minha virilha, aumentando ainda mais a minha excitação, me penetrou com um de seus dedos.

 

Abri o zíper de sua calça e comecei a tocá-lo. Alternando delicadeza, pressão, suavidade e força, acariciei seu membro... Fazendo um vai e vem gostoso, deixei-o ainda mais teso e duro.

Beijei-o no pescoço, e abaixei-me, ficando ajoelhada a seus pés, passei a saborear aquele membro como nunca. Chupava... Lambia... Apertava-o entre os lábios... Beijava... Apalpava suas bolas e acaricia sua glande com a língua, fazendo-o gemer gostoso. Quando percebi que ele poderia gozar, parei e sugeri que fossemos pra cama; ele aceitou, mas disse que agora era a sua vez...

 

A cada movimento suave e intenso de sua língua, meu corpo arrepiava e pedia mais... Seus toques, ‘sua fome’, seus dedos e sua língua - entrando e saindo, subindo e descendo – aumentaram o meu tesão, e quase não resisti... Mas me controlei e pedi para que me penetrasse...

 

Já totalmente nus, ele me virou de costas e puxando os meus cabelos, passou a roçar o seu membro tarado em minha bunda... Beijou minha nuca, desceu sua língua em minhas costas (arrancando gemidos de minha boca)... E em seguida, passou a mordiscar a minha bunda... Deslizou seus dedos em meu sexo e sentindo-o completamente molhado, perguntou se aquele tesão todo era por causa dele ou pelas sacanagens que falávamos. - Respondi que tudo me deixará daquele jeito, mas imaginar uma terceira pessoa conosco, me deixava ainda mais safada e molhada. Novamente ele me chamou de sua safada e disse que sentia a mesma coisa...

Estávamos explodindo e não agüentávamos mais de tanto tesão, então ele me debruçou sobre a cama, segurou em minha nádega... E lambuzando seu membro em meu sexo, socou gostoso, penetrando fundo e forte. Não resisti e liberei o meu gozo... Rebolando gostoso pedi que ele não parasse, pois queria mais.

Para me provocar ele parou... Tirou... Colocou... Deslizou... Voltou a socar gostoso, ora só um pouquinho, ora intenso e profundo... Nesse vai vem, gozei novamente...

 

E não agüentando mais de tesão, tirou-o de dentro de mim e disse que queria jorrar em minha cara, lambuzar meus seios e me ver ‘brincando’ com seu leite... Fiquei de quatro no chão, e delirei quando ele gemeu gostoso... Explodindo seu tesão em minha boca, deixando pingar em meus seios e fazendo com que eu engolisse o que ficará no canto da boca...

 

Nos recompomos, tomamos um merecido banho, e deitamos lado a lado, com a promessa de que todas fantasias (desde que em comum acordo) seriam bem vindas e que fariam parte da nossa vida a dois.



- Rabiscado by: Casal Anjo Sensual às 10h10 PM
[ ]