~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*. .Nosso Perfil. ~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.
BLOG "ANJO SENSUAL"
Conteúdo Voltado Somente ao Público Adulto: "Contos, Textos, Imagem, Atualidades, Dicas de Saúde Sexual, Informações, Dicas e Links Variados".

"..ATENÇÃO..:
»PRIVAMOS PELO RESPEITO E PELO DIREITO AUTORAL!
»A maioria dos nossos textos são de autoria própria, portanto, quando não somos os autores, damos os devidos créditos e quando copiamos algo de outro Site ou Blog identificamos o mesmo!"
»Se você deseja copiar algo, avise-nos e lembre-se de respeitar a autoria!"

"OS CONTOS SÃO MERAMENTE NARRATIVOS!"
»" CASAL ANJO SENSUAL "«





~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*. .Tempo. ~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.







»Confira Nosso Arquivo«

-»Contos e Dicas by AnjoSensual
-»Contos Anteriores



»Passeio Virtual«

- "Cláudia Pit"
- "A arte de Fazer Bem Feito"
- "A menina atras da Janela"
- "Cantinho Sensual da Lali"
- "Dicas by Anjo Sensual"
- "Vanessa Oliveira"
- "ErotiCidades"
- "Nelma Penteado"
- "Sensualidade e Atualidade"
- "Sexy HelpDesk"
- "Visão Masculina"



»Indique o Blog«




~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*. .Fetiche e Fantasias. ~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.


...Sex Shop...
»Amor e Paixão«

...Sex Shop...
»Clique SexShop«

...Sex Shop...
»Darme Sex«

...Sex Shop...
»Desfrutando Sexshop«

...Sex Shop...
»Loja do Prazer«



~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*. .Sites Liberais. ~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.





~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*. .Aprovados. ~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.









~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*. .Visitas. ~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.












Era uma noite tranqüila de final de semana. Estávamos reunidos com um pessoal bacana, bom vinho, boa comida, papo agradável, boas risadas... E o inevitável aconteceu, quando percebemos já estávamos conversando sobre sexo. Uns mais envergonhados, recatados, outros mais liberais, afoitos...

Aquela conversa me deixou excitada, pra não dizer, tarada; então cochichei no ouvido do meu marido que queria ir embora e expliquei o motivo. Ele sorriu e confidenciou baixinho que seu membro também estava assim, digamos, excitado e ereto.

No mesmo instante, levantamos, demos uma desculpa qualquer e nos despedimos dos demais, mas, para nosso espanto uma de nossas amigas levantou e nos pediu uma carona.

Um olhou para o outro e com ar de surpresa e espanto, decidimos levá-la, afinal, não tínhamos como negar uma vez que ela mora perto de nós.

Quando estávamos próximos a sua residência, nossa amiga disse, meio sem jeito, que havia escutado o nosso “cochicho” e que ela havia ficado excitada com o que falamos. Rimos da situação e pedimos desculpas, mas para nosso espanto, ela disse que adoraria participar de nossas ‘brincadeiras”.

Num misto de êxtase, incerteza, euforia e prazer, respondi que se ela quisesse, poderia ir pra casa conosco. Meu marido olhou para mim, com olhos de quem quer me fulminar, e perguntou se eu estava louca, respondi que não e disse que era a oportunidade de realizarmos uma de nossas fantasias.

E para seu “desespero”, ela topou.

Chegamos em casa, abri a porta e disse pra ela entrar e ficar a vontade, pois eu ia tomar um banho e colocar uma roupa mais adequada.

Ela perguntou se podia assistir um DVD e respondi que sim, era só escolher o que mais a agradava e ligar a TV.

Meu marido seguiu comigo para o quarto e, ainda sem saber como lidar com a situação, disse que estava confuso. Pedi que tomasse banho comigo, assim poderia refrescar-se e ficaríamos mais excitados.

Quando saímos do banho, levamos um susto, ela estava ali, nua em nossa cama assistindo um filme pornô onde, duas garotas acariciavam um lindo rapaz...

Foi a deixa que precisa. Deixei minha toalha cair no chão, comecei a beijá-lo intensamente e o despi, retirando assim a toalha dele e permitindo que ela apreciasse nosso “desejo” e o nosso beijo.

Não demorou muito e ela veio em nossa direção. Abraçou-me e passou a deslizar sua língua em nossos lábios e suas mãos trêmulas em nosso corpo.

Excitados com a situação, passamos a nos tocar mutuamente, ora ele me tocando, ora tocando ela.

Com cara de safadas, uma olhou para outra e começamos a deslizar nossas mãos em seu peito... Descendo lentamente até tocar em seu membro ereto, duro e teso.

Apertei-o como faço sempre e notei que ele estava mais duro do que de costume. Delirei e chamando-o de tarado, perguntei se ele estava gostando, que respondeu com gemidos e pediu para que as duas o abocanhasse gostoso.

Passamos então a degustá-lo... Beijando, lambendo, chupando e acariciando seu pau todinho. Ora uma chupava a cabecinha e a outra chupava as bolas, ora ambas, deslizavam gostoso com a boca, uma de cada lado.

Ele gemeu gostoso e quase não resistindo as nossas caricias, pediu para ficarmos de quatro.

Ajoelhamos na cama, uma ao lado da outra, e, uma acariciando os seios da outra, e então, ele passou a deslizar a língua em uma e a socar o dedo na outra, nos deixando ainda mais excitadas e completamente molhadas.

Entre gemidos, sussurros e prazer, deixei ele dando um trato nela e fui chupá-lo gostoso, com vontade.

Pude sentir seu membro latejante e percebi que ele não resistiria muito tempo, então sugeri que ele nos penetrasse gostoso.

Nos ajeitamos e, enquanto ele me penetrava, percebi que ela o beijava, esfregava seus seios no corpo dele e se acariciava, me deixando ainda mais excitada... Trocamos de posição e, enquanto ele a penetrava, eu deslizava minhas mãos em seus corpos.

Os gemidos se tornaram mais altos e intensos e, num vai e vem gostoso senti que ela estava gozando no pau dele... Adorei vê-la se satisfazendo com meu homem e pedi que me fizesse gozar ainda mais gostoso.

Fiquei em pé, lambi seu membro para sentir o gosto aquele prazer, apóie-me na cama e deixei que me penetrasse gostoso... Não resisti às estocadas profundas que

ele dava e nem ao carinho suave e prazeroso das mãos dela no meu sexo e acabei gozando de tanto prazer.

Ele disse que não agüentava mais e que ia gozar, então, saímos da cama, ajoelhamos no chão e pedimos para que ele gozasse em nossas caras...

Ele gemeu... Uivou gostoso e despejou em nós todo seu gozo, seu prazer e realização, lambuzando nossas bocas, espirrando em nossos seios e jorrando em nossas línguas famintas seu leitinho gostoso.

Saciados de prazer, satisfeitos pelo prazer ficamos ali, deitados assistindo o filme que ainda passava na tv...

 



- Rabiscado by: Casal Anjo Sensual às 11h18 PM
[ ]





Era manhã de domingo, a excitação e a provocação pairavam no ar, e, tudo começou com um beijo faminto, como se ele quisesse sorver o meu mais profundo desejo, o mais intimo dos prazeres, numa invasão permitida e desejada.

Respirações ofegantes, mãos percorrendo o corpo com avidez, tateando e deslizando cada parte, cada centímetro, procurando um novo local a ser explorado. Olhares se cruzando num infinito desejo de posse, corpos enlaçados por abraços apertados, pernas roçando e se acariciando mutuamente numa busca frenética de se dar e receber.

Estávamos completamente entregues um ao outro. Corpos sedentos de desejo... Envolvimento... Paixão... Malícia... Sedução... Tentação... Tesão... Éramos escravos do prazer.

Fecho meus olhos, solto meus cabelos e me entrego ao prazer e às fantasias, sem tabu ou pudor... Sem preconceitos, deixando prevalecer a luxuria e o desejo insaciável.

Ele pegou em meus ombros, virou-me de costas e segurou fortemente meus cabelos, puxando-os para cima, e com palavras sussurradas ao pé do ouvido passou a beijar a minha nuca, deixando-me completamente arrepiada. E dizendo que sou a mulher mais saborosa e a mais desejada me conduziu até o nosso quarto e deitou-me na cama.

Apertou-me com força e deslizou sua boca e mãos em meus seios, ora beijando, ora mordendo. Gemi baixinho quando uma de suas mãos desceu para as minhas coxas e a outra ficou apertando meu mamilo. Abri levemente minhas pernas para permitir que tuas mãos passeassem na parte interna da minha coxa, e que fossem subindo devagar até alcançar minha virilha. Estava completamente molhada, e tive que me controlar para não gozar.

Retribui as caricias e minhas mãos começaram a percorrer seu corpo com carícias ousadas. Abri o zíper de sua calça, toquei sua barriga e senti ela se contrair de arrepio, fui descendo até tocar minha mão sob sua cueca e passei a massagear com avidez seu membro, que estava teso e latejante. Ajoelhei-me na beira da cama e retire sua calça, então passei a beijar sua perna, sua coxa, mordiscando sua virilha...

Nesse instante ouvi um gemido alto e resolvi ficar por ali, provocando e passando minha língua dos dois lados bem devagar, devorando seu membro... Chupando, lambendo e beijando gostoso.

Voltamos a nos beijar apaixonados, quando senti suas mãos retirando minha roupa. Sua boca procurava novamente meus seios e seus lábios famintos percorreram até minha virilha. Senti minhas pernas se afastarem e sua língua passeando em minhas coxas e na entradinha “dela”... Sua língua brincava devagar, com malícia. Colocando só a pontinha pra me provocar. Prontamente o tesão triplicou, e senti que já estava chegando ao clímax, então pedi para me penetrar.

Sorrindo maliciosamente olhou em meus olhos e me penetrou levemente, socando gostoso ele todo pra dentro de mim. Pedi pra que fosse mais rápido e assim o fez, aumentando a pressão. Não demorou muito e atingi ao orgasmo, num prazer imenso de tesão e amor.

Num gesto brusco senti suas mãos me virando, colocando-me de quatro e seu membro escorregando novamente pra dentro de mim. Deslizou, socou, dando-me mais prazer.

Sinto-o roçar gostoso e lambuzado e com delicadeza penetrar minha bundinha.

Gemi, rebolei, me toquei... E ouvindo seus gemidos chegamos juntos ao ápice, sentindo seu gozo lambuzar-me gostoso.

Bocas secas, pernas bambas e a vontade de ficarmos juntos, impediu que levantássemos dali pra fazer qualquer coisa. Ficamos, abraçados, nos olhando e com um sorriso de contentamento nos lábios, nos beijamos e adormecemos em seguida.

 



- Rabiscado by: Casal Anjo Sensual às 10h21 AM
[ ]