~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*. .Nosso Perfil. ~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.
BLOG "ANJO SENSUAL"
Conteúdo Voltado Somente ao Público Adulto: "Contos, Textos, Imagem, Atualidades, Dicas de Saúde Sexual, Informações, Dicas e Links Variados".

"..ATENÇÃO..:
»PRIVAMOS PELO RESPEITO E PELO DIREITO AUTORAL!
»A maioria dos nossos textos são de autoria própria, portanto, quando não somos os autores, damos os devidos créditos e quando copiamos algo de outro Site ou Blog identificamos o mesmo!"
»Se você deseja copiar algo, avise-nos e lembre-se de respeitar a autoria!"

"OS CONTOS SÃO MERAMENTE NARRATIVOS!"
»" CASAL ANJO SENSUAL "«





~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*. .Tempo. ~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.







»Confira Nosso Arquivo«

-»Contos e Dicas by AnjoSensual
-»Contos Anteriores



»Passeio Virtual«

- "Cláudia Pit"
- "A arte de Fazer Bem Feito"
- "A menina atras da Janela"
- "Cantinho Sensual da Lali"
- "Dicas by Anjo Sensual"
- "Vanessa Oliveira"
- "ErotiCidades"
- "Nelma Penteado"
- "Sensualidade e Atualidade"
- "Sexy HelpDesk"
- "Visão Masculina"



»Indique o Blog«




~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*. .Fetiche e Fantasias. ~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.


...Sex Shop...
»Amor e Paixão«

...Sex Shop...
»Clique SexShop«

...Sex Shop...
»Darme Sex«

...Sex Shop...
»Desfrutando Sexshop«

...Sex Shop...
»Loja do Prazer«



~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*. .Sites Liberais. ~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.





~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*. .Aprovados. ~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.









~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*. .Visitas. ~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.~.*.












 

Apesar de tantos anos juntos, nossa relação sexual sempre foi muito quente e ativa. O desejo e o tesão que um tem pelo outro sempre foi o diferencial em nossa relação, mas, especialmente naquela semana estava me sentindo cansada, precisando de algo diferente, relaxante. Afinal, o trabalho e as preocupações do dia a dia tornavam as semanas cada vez mais intensas e mal amanhecia a segunda-feira já começava a contar as horas para o próximo final de semana.

Temos por habito nos preocupamos um com o outro e, quando um não está bem, o outro pensa e agi de acordo para dar suporte e melhorar o humor, o prazer e aliviar as tensões daquele que não está bem.

E dessa vez não foi diferente. Conversa vai, conversa vem, ele propôs contratarmos um “massagista sensual” (homem), destes que aliviam e relaxam os músculos tencionados e que massageiam pontos estratégicos no corpo feminino, com a intenção de excitar e provocar, porém, sem chegar às vias de fato.

Confesso que no inicio relutei, nunca me imaginei sendo acariciada por outro homem que não fosse o meu marido e muito menos na presença dele, mas acabei aceitando, não somente pela ousadia, mas também pela excitação. Afinal, para nós as preliminares são o ápice da relação, só era preciso cautela, pois, poderia nos levar ao prazer total ou a insatisfação.

Depois de tanto conversarmos e relacionarmos os prós e os contras decidimos de comum acordo que escolheríamos o massagista juntos, assim, não causaria constrangimento a mim e nem ciúmes a ele.

Procuramos em SITES específicos... Juntamos informações e só decidimos quando encontramos um rapaz que atendesse as nossas expectativas, ou seja, um rapaz educado, bem apresentado (de acordo com o meu gosto), e qualificado profissionalmente como massagista, afinal, antes de tudo, precisávamos de uma pessoa instruída e respeitosa, que soubesse respeitar os limites previamente impostos por ambos.

Combinamos preço, local e limites... Nada de toques nas partes intimas, nem beijos, nem palavras ao pé do ouvido, e detalhe, eu estaria vendada, assim me sentiria menos constrangida, afinal, meu marido estaria observando-nos.

Chegado o dia, nos hospedamos bem antes da hora marcada no motel escolhido por nós, avisamos na recepção que estávamos no aguardo de um profissional e pedimos que só o deixasse entrar com a nossa liberação, pois, gostaríamos de uns minutos a sós.

Estávamos tensos... Eufóricos... Ansiosos... Fomos direto pra hidromassagem onde relaxamos, brindamos e degustando de um bom vinho... Tudo o que eu não precisava era me excitar naquele momento, afinal, seria um perigo durante a massagem.

Ao ouvir o telefone tocar, sabia que o momento havia chegado, então sai da banheira e me cobri com o roupão. Beijei meu marido e pedi pra ele não sair do meu lado por nada.

Enquanto meu marido seguia em direção a porta, me aconcheguei numa poltrona de costas pra porta... Embora curiosa, não queria nem ver os olhos desse rapaz, ficaria com a impressão que tive dele pelas fotos que vimos no SITE, porém não pude deixar de ouvir sua voz macia e sensual se apresentando ao meu marido.

Para evitar constrangimentos o combinado foi pouca luz, assim não causaria mal estar se uma das partes tivesse qualquer tipo de reação e também não prejudicaria a massagem em si.

As luzes são apagadas, musicas romântica tocam ao fundo e, em seguida senti uma mão suave me vendar os olhos com uma mascara que não deixava passar nenhuma claridade.

Meu coração disparou e dele só ouvi seu nome e o pedido para que eu relaxasse e deixasse fluir todo sentimento e reação que quisesse... Ah, ele disse também que se caso algo me incomodasse, bastaria pedir para parar.

Meu marido novamente me beijou e disse que estava ali do lado.

Ouvi uma porta batendo e logo em seguida a torneira da pia do banheiro se abrir e imaginei que era ele lavando suas mãos. Tensa e de olhos vendados, não consegui decifrar quem me conduzia pra cama, me orientando apenas com gestos.

Os minutos pareciam eternidades e logo senti a aproximação de alguém sentando na cama e retirando à parte de cima no meu roupão, mantendo meu bumbum coberto. Senti segurança nas mãos daquele rapaz, parece que ele conhecia cada parte do meu corpo que precisava de atenção especial e, aos poucos fui sentindo o aroma de um delicioso óleo de amêndoa sendo derramado sobre minhas costas e uma mão suave o espalhando...

Arrepiei-me e apesar do constrangimento que sentia, confesso que uma forte excitação invadiu meu corpo fazendo com que meus mamilos ficassem duros e a respiração ofegante...

Estava confusa... Um misto de prazer e timidez tomou conta de mim. Apesar das nossas doces fantasias nunca havia sentido outras mãos em meu corpo, mas ao mesmo tempo era como se já nos conhecêssemos.

Mãos fortes, porém macias que começaram a massagear minha nuca, me deixando arrepiada... A excitação aumentou quando ele se sentou sobre minha bunda, me encaixando entre suas pernas, só assustei quando notei que ele também estava nu e o que nos separava era a pequena dobra do roupão.

Tentei argumentar, mas o calor das suas mãos percorrendo por toda minha coluna me fez calar.

Ele deslizava da nuca até a ponta do cóccix, massageando minhas nádegas por baixo do roupão e terminando no quadril...

O medo se misturava com o tesão... A insegurança, com a satisfação... E o prazer de estar sendo tocada por um estranho se misturava com a proteção de estar sendo observa por meu marido...

Resmunguei que minhas pernas estavam dormentes e então ele mudou de posição. Continuou sentado sobre meu bumbum, porém de frente para minhas pernas...

Senti suas mãos tocando meus pés; minhas pernas são um dos meus pontos fracos e parecia que ele fazia a propósito, demorando uma eternidade em cada centímetro delas. Neste momento o calor começa a tomar conta de mim... Minha respiração acelerava à medida que suas mãos ia subindo e deslizando entre meu joelho e as coxas... Estava excitada e cheia de desejo tentei me conter em respeito ao meu marido, mas não consegui... Minha bucetinha não respondia a mim, mas sim a aquele tesão que me invadia e a deixava ainda mais molhada. Minha pele, toda arrepiada, clamava por ser tocada mais e mais, minha boca estava seca... Faminta... Louca por um beijo... A respiração cada vez mais ofegante... Respirei profundo... Sabia que meu marido entenderia aquele respiro... E o jovem rapaz continuou me massageando, tocando suavemente minha virilha e esbarrando em minha vagina... Não resisti e tive um tímido orgasmo... Rápido, porém intenso...

O massagista, mantendo seu profissionalismo, amenizou a intensidade da massagem, proporcionando a mim um breve retome do fôlego. Por fração de segundos ele sai de cima de mim, meus pensamentos viajam, como seria tocar aquele corpo nu... O que ele estaria sentindo? Mas antes de chegar a uma resposta sinto suas mãos me guiando e me virando de frente e então ele se ajeita novamente sobre mim.

Tentando me posicionar, esbarro acidentalmente uma das mãos em seu membro e pude senti-lo duro feito uma pedra... Suspirei e não contive a rigidez dos meus seios que a essa altura clamava para serem chupados... Ao me movimentar sinto o lençol encharcado e novamente me pego em êxtase, meu coração batia acelerado... Não conseguia acreditar que estava me expondo a outra pessoa, então começo me apavorar com os sentimentos... No mesmo tempo em que sentia aquele tesão, tentava relutar contra o desejo de ser possuída por um desconhecido...

Ele também se posicionou e sentou entre minhas pernas, deixando-as entreabertas como que se estivesse se preparando para um papai mamãe, porém com o homem sentado...

Ao mesmo tempo em que ele massageava meu pescoço e descia pelos ombros, braços, seios (dando uma atenção especial aos duros e gostosos mamilos) terminando no quadril, senti seu pau tocar “acidentalmente” em minha vagina abrindo os grandes lábios e terminando em cima do clitóris... Minha bucetinha estava completamente molhada o que facilitava o passeio daquele pau duro em sua portinha...

Os toques estavam cada vez mais fortes e a cada pincelada do seu pau, soltava um gemido abafado de prazer... Minha vontade era de tocar... Beijar... Sentir aquele membro duro esfregando e entrando em mim...

A massagem continua... Ora ele massageando minhas coxas, ora meus seios, ora afagando meus cabelos. Meu corpo arrepiado pedia mais... Minhas pernas se abriam deixando a mostra minha bucetinha molhada, pedindo para ser penetrada, mas toda vez que seu pau estava por entrar, ele se afastava, deixando um calor enorme invadir entre minhas pernas...

Não resistindo ao tesão, puxo-o pelos braços e o levo até a vagina e com maestria ele começa a sugar cada gota daquele tesão... Desliza sua língua com delicadeza, lambe, chupa, passeia pelo cuzinho, e mordisca a bunda.

Louca de tesão, puxei-o sobre meu corpo e sem nenhum esforço permiti seu membro me penetrar num lento movimento de vai e vem... Socando fundo seu pau grosso e duro... Aperto suas costas e me seguro para não beijá-lo... Não resisto ao prazer e me rendo há um maravilhoso orgasmo... Peço para que não pare, quero mais... E as estocadas me levam ao delírio... Ele também não resiste e sinto seu prazer pelos tímidos gemidos que saem de sua boca.

Ficamos alguns instantes abraçados... Ele tenta me beijar, eu recuso... Mas logo percebo a realidade e fico feliz em descobrir que era ele (meu marido) que estava ali o tempo todo, não existia massagista, não exista timidez e nem culpa. Pergunto como conseguiu e ele me diz que havia combinado com o rapaz que ele entraria no quarto, falaria o necessário e sairia antes da massagem começar.

Realizada, massageada e sem ressentimentos tomamos um banho, jantamos e fomos pra casa, dormir em nossa cama, onde fazemos as mais puras juras de amor.



- Rabiscado by: Casal Anjo Sensual às 01h22 AM
[ ]